Categorias
Sem categoria

I Congresso Educacional do Grupo CEV reúne centenas de profissionais da educação

O I Congresso Educacional do Grupo CEV contou com a presença de representantes de várias escolas dos estados do Piauí, Maranhão e Ceará, além de palestrantes conhecidos nacionalmente, como o professor e pesquisador José Moran (PUC – USP). Realizado no Espaço CEV, Unidade Kennedy, o evento proporcionou aos profissionais presentes um dia inteiro de imersão na metodologia CEV de ensino.

Com uma grande estrutura montada pela equipe de Eventos CEV, os participantes foram recepcionados com um farto café da manhã e separados em equipes para o momento da visita da guiada na Unidade Kennedy, realizada logo após a abertura feita pelo diretor pedagógico, professor Neto Ceará e pelo diretor geral do Grupo, professor Nazareno Fonteles.

Em sua fala, Nazareno Fonteles pontuou como destaques de nossa metodologia, a autonomia do estudante no aprendizado e o uso de inovações tecnológicas no auxílio da educação. Apresentou o livro “O Método CEV Ativo – Um novo modelo de ensinar/aprender” que, de forma breve, apresenta os principais aspectos, contextos e fundamentos teórico-práticos desse método, com a criação de uma nova anatomia para o momento em sala de aula, com a inclusão dos quizzes ao final do horário. Nazareno Fonteles finalizou afirmando que o principal intuito do Grupo é compartilhar esses novos conhecimentos, levando essa nova forma de fazer o ensino/aprendizagem para o máximo de instituições possível. “Nossos sonhos se unirão aos sonhos de vocês pela educação do país”.

Cerca de 14 instituições convidadas enviaram seus representantes para o I Congresso CEV e puderam conhecer a fundo a metodologia que tem feito a diferença em todo o Nordeste. Para Rafaela Jacobina, representante do Colégio Potencial, de Floriano, no sul do Piauí, o evento e a proposta do Sistema CEV vai ter um grande impacto na forma de ensinar e aprender daqui para frente. “A gente percebe essa grande sacada do CEV, quando ele está trazendo a inovação, e ao mesmo tempo fazendo com que outras escolas percebam e se atentem a isso. Que é necessário inovar e colocar excelência no que se faz. E isso trará uma grande mudança muito positiva para as escolas e para nossa sociedade que é o mais importante”, frisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *