Categorias
Escola Projeto Projeto de vida Vortex

Conheça o Projeto Baobá e ofereça o melhor projeto de vida para seus estudantes

“Quem eu sou? ”; “Quem eu quero ser? ”; “Quais são minhas maiores habilidades? ”: perguntas como essas nem sempre são acompanhadas de respostas imediatas e podem representar grandes dilemas na vida de qualquer indivíduo, especialmente quando se trata de um jovem estudante. Assim, tudo que vem para ajudar nesse processo pautado sobretudo pelo autoconhecimento é sempre algo que se faz muito bem-vindo, a exemplo do projeto de vida que deve ser oferecido pela escola aos alunos.

Mas o que vem a ser um projeto de vida?

Em linhas gerais, o projeto de vida a ser oferecido pela escola se refere a uma das competências garantidas pela Base Nacional Comum Curricular, BNCC, e tem por objetivo incentivar o desenvolvimento de habilidades e do autoconhecimento por parte dos estudantes a fim de que estes possam realizar decisões mais assertivas e acertadas nos âmbitos pessoal, social e profissional de suas vidas.

Adote o Projeto Baobá na sua escola 

Pensando nisso, a Vortex Educação passou a disponibilizar um projeto de vida próprio, chamado de Projeto Baobá, para todas as escolas parceiras que se interessarem em o adotar.

Como vai funcionar o Projeto Baobá?

O Projeto Baobá será desenvolvido ao longo de todo ano letivo através de encontros semanais que serão direcionados para estudantes do 1º ano do ensino médio. Priorizando o oferecimento de uma educação socioemocional, esse projeto irá auxiliar os alunos a desenvolverem protagonismo no processo de ensino-aprendizagem, direcionando-os assim para a escolha de uma carreira profissional que possa de fato ser alinhada com suas reais competências e habilidades.

Dessa forma, o Projeto Baobá se refere a uma iniciativa arrojada que, dentre outras ferramentas pedagógicas, utilizará uma metodologia ativa por meio da qual o aluno será também responsável pela construção do seu conhecimento. Dentro desta metodologia será adotada uma abordagem de gamificação que, por sua vez, garantirá aos alunos o acesso a um mapeamento comportamental com um conjunto de ferramentas digitais que irão motivar o engajamento, estimular o pensamento crítico e o protagonismo do processo de autoconhecimento.

Sempre juntos

Vale ressaltar que, caso você queira adotar o Projeto Baobá na sua escola, a Vortex Educação lhe prestará todo apoio necessário visando a otimização dos resultados a serem obtidos através dessa iniciativa. Assim, sua equipe pedagógica terá um grande suporte através de: formações, capacitações, oficinas, workshops e mentorias.

E aí, gostou? Saiba mais sobre o projeto Baobá clicando no link https://bit.ly/NovoEnsinoMedioVortex

 

 

Categorias
Educação rematrícula Vortex

Confira dicas importantes para que a campanha de rematrícula da sua escola tenha bons resultados.

A captação de alunos é sempre uma tarefa muito desafiadora no que se refere à gestão escolar, mas a retenção dos mesmos não fica atrás no quesito dificuldade. São muitos os fatores que podem fazer com que pais e mães optem, de um ano para o outro, por uma “mudança de ares” para seus filhos.

Uma crise de base financeira no âmbito familiar, insatisfação com o ensino, reajustes de mensalidades que possam ser considerados inadequados, custo-benefício deficitário se comparado com outras instituições de ensino da região e por aí vai. Tudo isso e muito mais pode vir a encorpar a lista de obstáculos na busca pela tão necessária fidelização desse público.

Medidas essenciais

Nesse sentido, é fundamental que as escolas busquem sempre uma aproximação com os pais ao longo de todo ano, humanizando e personalizando cada vez mais os atendimentos a fim de que o ambiente escolar possa ser, de fato, acolhedor. Outra ação muito importante se refere à realização de uma pesquisa de intenção de (re)matrícula, por meio da qual será possível obter dados que comprovarão (ou não) o caráter exitoso da gestão.

Saber produzir uma boa expectativa com relação ao ano seguinte (trazendo as novidades de um planejamento bem atrativo para o ano letivo), tornar o processo de rematrícula algo prático que possa contar com o oferecimento de benefícios (possíveis bônus), fazer investimentos em marketing educacional, contar com uma equipe que saiba receber e lidar com a negociação junto aos pais são outras ações que podem fazer toda diferença na campanha de (re)matrícula da sua escola.

Com planejamento e dedicação, as campanhas de rematrícula da sua instituição terão tudo para trazerem ótimos resultados

Sim, há mais a ser feito

Buscar uma aproximação com os inadimplentes também é algo que precisa ser priorizado. O importante é que um denominador comum possa ser alcançado, seja através do parcelamento da dívida, de descontos ou até mesmo do oferecimento de bolsas de estudos (especialmente nos casos dos alunos que apresentem desempenho de destaque na escola).

A construção e a manutenção de uma imagem positiva da escola geram um sentimento de pertencimento em pais e alunos com relação à instituição. E a criação deste tipo de vínculo faz com que seja grande não só o índice de retenção de quem já desfruta dos serviços da instituição, mas também motiva esses públicos a indicarem o colégio para outros clientes em potencial.

Gostou? E aí, quais são as outras ações que são realizadas em sua escola visando o sucesso das campanhas de (re)matrícula?

Categorias
Capacitação Consultoria Educação Vortex

Consultoria pedagógica: escolas parceiras Vortex Educação recebem atendimento personalizado para implementação do material didático

Tendo em vista a busca constante pelo aprimoramento dos serviços e dos produtos oferecidos para as escolas parceiras – bem como a melhor implantação dos nossos materiais didáticos em cada uma dessas instituições – a Vortex Educação iniciou, neste final de ano, as consultorias pedagógicas visando um 2022 repleto de conquistas para todos.

Professor Alex Romero ministra consultoria no colégio Mérito D’Martonne (José de Freitas – PI)

Planejamento é fundamental

Tais encontros são essenciais para que as escolas possam aproveitar totalmente os benefícios decorrentes da parceria, otimizar resultados e garantir perspectivas ainda melhores para o futuro, conforme enfatiza Alex Romero, Diretor Pedagógico da Vortex Educação: “Todo e qualquer processo de produção didático-pedagógico precede de organização e de planejamento do trabalho docente no sentido de prever e programar as ações e os resultados desejados, evitando, assim, improvisações das práticas educativas.”, assegura.

Pleno entendimento

Segundo ele, esses momentos são ótimos também para que possíveis dúvidas sejam esclarecidas: “O diálogo com o consultor pedagógico visa colher informações sobre o uso do material didático e o planejamento. Dessa forma, espera-se que o professor possa otimizar as práticas e o uso dos materiais pedagógicos disponibilizados para a escola parceira. Além de apresentarmos os detalhes sobre os livros didáticos, o momento da consultoria também é propício para que os professores possam tirar dúvidas sobre conteúdos e planejamentos dos livros. ”, afirma.

Outro aspecto que precisa ser ressaltado refere-se ao espaço que é dado nas consultorias pedagógicas para que os professores das escolas parceiras possam dar seus feedbacks acerca de tudo que é apresentado: “Elaboramos um questionário para que os professores possam responder a fim de termos um feedback amplo das temáticas abordadas nas consultorias. É todo interativo e aplicado ao final da palestra do consultor pedagógico. ”, garante Alex.

Consultoria pedagógica realizada com gestores e professores da Escola Alfabetoc (Campo Maior – PI)

Grande importância

Logo, o alinhamento buscado nesses encontros tende a facilitar bastante o trabalho de todas as partes envolvidas nesse processo: “Como destaca a BNCC, para que se tenha eficiência e otimização no processo de ensino-aprendizagem, faz-se necessário “selecionar, produzir, aplicar e avaliar recursos didáticos e tecnológicos para apoiar o processo de ensinar e aprender” (versão MEC, pág. 17). Sendo assim, as consultorias pretendem auxiliar o trabalho do professor e do coordenador a fim de contribuir com a implementação dos objetivos de aprendizagem citados na Base Nacional e que estão presentes em nossos materiais. ”, finaliza Alex.