Categorias
Educação Tecnologia Vortex

Saiba o que é tecnologia educacional e como ela pode fazer toda diferença na qualidade do ensino oferecido por sua escola

Num mundo onde a tecnologia está assumindo um protagonismo crescente, nos mais diversos contextos, não caberia à Educação se comportar como uma área de exceção, não é mesmo? Mas o que vem a ser de fato essa tecnologia educacional e como ela pode fazer toda diferença na qualidade do ensino oferecido por sua escola?

A tecnologia educacional, como o próprio nome sugere, refere-se à utilização de recursos tecnológicos no processo de ensino. Através de softwares educacionais e de vários dispositivos, tais como notebooks, tablets, equipamentos voltados para realidade virtual e sistemas integrados com mobile (por meio de aplicativos próprios criados pelas instituições de ensino) é possível aumentar a dinamicidade das aulas e, claro, potencializar o nível de aprendizagem por parte dos estudantes. E as vantagens decorrentes da utilização desses recursos não param por aí.

A tecnologia é sempre uma grande aliada do processo de ensino-aprendizagem

Estudantes podem ser mais protagonistas

Se bem utilizado, o acesso à tecnologia tende a destinar uma maior autonomia aos estudantes, fazendo com que eles busquem mais as informações e ingressem com muita eficácia em alguns dos caminhos mais promissores do autodidatismo.

Alta frequência de participação nas aulas

Outro ponto importante é: aulas e salas de aulas providas por um aparato tecnológico adequado fazem com que os alunos fiquem ainda mais motivados a comparecerem dia após dia às instituições de ensino, reduzindo assim as indesejáveis taxas de evasão escolar.

Todos podem participar

Vale ressaltar também o fato de que recursos tecnológicos podem ser facilmente adaptados de acordo com diferentes perfis e necessidades dos estudantes, contribuindo para um nível pleno de inclusão extremamente saudável para os estudantes que, por suas vezes, tendem a se sentirem também protagonistas do processo de aprendizagem.

Sem competição  

A tecnologia educacional não compete com as estratégias de ensino mais tradicionais. O mais recomendável é que elas sejam utilizadas de modo que uma possa ser o complemento da outra, otimizando os resultados esperados no processo de ensino-aprendizagem e ajudando crianças e jovens a terem uma formação ainda mais completa.

E aí, curtiu? Como tem sido a relação da sua escola com a tecnologia?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *