Categorias
DiaMundialDaEducação Educação Vortex

Você conhece a origem e a importância do Dia Mundial da Educação? Confira isso e muito mais no nosso post de hoje!

O Fórum Mundial de Educação, realizado em 28 de abril do ano 2000, em Senegal (mais precisamente na cidade de Dakar), deu origem ao Dia Mundial da Educação (embora haja controvérsias a esse respeito). Mas, de uma forma ou de outra, essa data revela uma importância que decerto vai muito além de um simples marco comemorativo: reflexões acerca dos caminhos que a Educação vem tomando em todo o mundo encontram neste dia um terreno ainda mais fértil para que possam aflorar em prol de uma maior democratização e de um maior desenvolvimento da educação básica e secundária.

Naquela oportunidade, líderes de 164 países firmaram um acordo que deverá ter validade até 2030 visando, além do que já foi dito, a construção de uma sociedade mais justa e equilibrada em nível global por meio do desenvolvimento da educação.

Como essa data pode ser vivenciada na sua escola?

Atividades que ressaltem ainda mais a importância da educação para o mundo são ótimas alternativas para este dia. O importante é que essa chance não seja desperdiçada e, para tanto, a criatividade dos professores deve entrar em cena no intuito de que atividades enriquecedoras possam vir à tona e sejam propostas para os alunos. Que tal um concurso de redação voltado para esse tema? Ou mesmo a veiculação de filmes que possam ilustrar de forma ainda mais potente a importância da educação? (Sobre essa segunda alternativa, aliás, a gente não poderia deixar de sugerir alguns ótimos títulos, né? Então vamos a eles…).

“Escritores da Liberdade”, de Richard LaGravenese (2007); “A Sociedade dos Poetas Mortos”, de Peter Weier (1989); “Preciosa”, de Lee Daniels (2009); “O Sorriso de Monalisa”, de Mike Newell (2003); “O Contador de Histórias”, de Luiz Villaça (2009); “Filhas do Destino”, de Vanessa Roth (2007); “A Voz do Coração”, de Christophe Barratier (2003); “Como Estrelas na Terra”, de Aamir Khan (2007) e “Malala”, de Davis Guggenheim (2015) constituem opções maravilhosas!

Funções essenciais

A educação é a base da construção de um mundo melhor. Ela reforça os princípios da cidadania e se faz um dos antídotos mais potentes contra a desigualdade social; é a melhor “garota-propaganda” da sustentabilidade (o planeta agradece!), promotora dos direitos humanos e, obviamente, é um dos recursos mais eficientes quando se busca uma diminuição da violência em suas mais variadas nuances em prol de um mundo mais civilizado e pacífico (em tempos nos quais tem havido tanta propagação de ódio tal protagonismo fica ainda maior, não é mesmo?).

Como dizia o renomado filósofo e escritor Sêneca, “a educação exige os maiores cuidados, porque influi sobre toda a vida”. Resta-nos a noção de que esses cuidados precisam ser levados em conta não apenas por um dia, mas, sempre, no intuito de que as crianças e jovens de hoje se tornem adultos transformadores (no melhor sentido da expressão!) amanhã.

 

Categorias
DiaNacionalDaFamíliaNaEscola Escola Vortex

Dia Nacional da Família na Escola: uma data que reforça a importância da união de forças em prol do melhor desenvolvimento de crianças e jovens

O grande filósofo alemão Immanuel Kant já dizia: “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. ” E essa ferramenta de valor inestimável não deve ser trabalhada apenas pelas instituições de ensino junto aos seus respectivos alunados: é fundamental a participação efetiva dos pais (ou responsáveis) na implementação dessa educação junto aos seus filhos. A importância dessa parceria parece óbvia, não é mesmo? Mas não é bem assim. Ao que tudo indica, há sérias dificuldades de entendimento quanto a isso por parte de muitas pessoas. Tanto é que o MEC, em 2001, resolveu instituir o Dia Nacional da Família na Escolacelebrado no dia 24 de abril – no intuito de reforçar o papel imprescindível dessa união.

De acordo com análises de resultados oriundos do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), as notas melhoram e a evasão escolar diminui quando o aluno tem seu desenvolvimento nas aulas acompanhado de perto também no âmbito familiar.  Ou seja, a formação humana e acadêmica das crianças e jovens é totalmente dependente dessa integração de forças que pode ser plenamente viabilizada mediante a concretização de ações muito simples.

Como as famílias podem contribuir para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos?

“Alguém te perguntou como é que foi seu dia? ”, questiona esse verso da música Céu Azul, do Charlie Brown Jr. Uma ação tão singela como essa já tende a fazer uma grande diferença na vida de qualquer pessoa e com os estudantes não é diferente. A demonstração de interesse por parte das famílias com relação às vivências escolares dos alunos tende a deixar essa galera com a motivação em alta, melhorando os níveis de produtividade e ajudando no fortalecimento do senso de responsabilidade.

A participação dos pais (ou responsáveis) nas reuniões e demais eventos escolares é outra peça-chave nesse contexto, tais como os incentivos a serem prestados no intuito de que as crianças e jovens desenvolvam gosto pelo ato de estudar. Reforçar positivamente os bons feitos dos estudantes tanto em sala de aula quanto em casa (por ocasião da realização de deveres de casa, por exemplo) é outra atitude que se faz muito importante nesse sentido.

Não para por aí. Muito mais pode ser feito

O estabelecimento de rotinas que sejam norteadas por uma divisão saudável do tempo; o oferecimento de um lugar para as crianças e jovens que seja de fato mais propício para os estudos em casa; imersão de toda família em hobbies e demais atividades que promovam momentos de diversão e relaxamento (se houver como tais atividades serem regidas ainda por algum valor educativo, melhor ainda!) constituem outras ações que devem ter grande protagonismo nesse cenário.

O Dia Nacional da Família na Escola é, assim, uma data que reforça a importância da união de forças em prol do melhor desenvolvimento das crianças e dos jovens. Mas essa união, claro, é algo que, para funcionar de fato, precisa ser buscado sempre. É uma integração por meio da qual todos saem ganhando, especialmente a sociedade e o mundo como um todo.

 

Categorias
Cultura DiaMundialDoLivro Educação Vortex

Eles sempre são protagonistas, mas no dia 23/04 tal protagonismo fica ainda maior. Você sabe do que estamos falando?

Quem lida com eles de maneira frequente e apropriada, com mais conhecimento (acerca das mais diversas áreas!) fica. A bagagem cultural é fortalecida. O senso crítico se desenvolve, tais como os níveis de autoconhecimento, empoderamento, qualidade da escrita e do próprio repertório argumentativo. E amanhã, 23 de abril, o mundo inteiro celebrará sua existência. Sim, estamos falando do Dia Mundial do Livro (e dos Direitos Autorais) e esse será o assunto de hoje no Blog da Vortex Educação!

Importância da data

Esse dia detém uma importância enorme que, por sua vez, se reflete em múltiplas frentes. Ou seja, ele ajuda as pessoas a refletirem mais profundamente a respeito da importância da leitura; traz à tona os trabalhos de novos autores; reforça o papel fundamental dos clássicos e, além disso, traz também uma luz sobre os direitos dos autores.

Como vivenciar o Dia Mundial do Livro na sua escola   

Inúmeras atividades podem ser propostas para os alunos no intuito de que eles desenvolvam ainda mais o apreço pelos livros.

Os estudantes podem, por exemplo, ser convidados a desenvolverem redações e poesias que tenham a importância dos livros como inspiração; contações de histórias são sempre ótimas pedidas (especialmente quando se trata de crianças); uma peça teatral tendo por base alguma nuance de clássicos da literatura é outra sugestão bem legal, tal como uma visita a ser feita em ao menos uma das mais importantes bibliotecas da cidade.

Algumas sugestões de leitura incríveis

Diante de tantos artistas hiper talentosos e de tantas histórias inesquecíveis, nada melhor do que uma listinha repleta de sugestões preciosas para quem deseja investir de forma mais contundente na leitura e não sabe bem ao certo por onde começar, não é mesmo? Então vamos lá!

Se você preferir logo de cara grandes clássicos da literatura mundial, Odisseia (Homero); A Divina Comédia (Dante Alighieri); Romeu e Julieta (Shakespeare); Os Lusíadas (Camões); Dom Quixote de la Mancha (Cervantes); Orgulho e Preconceito (Jane Austen); Crime e Castigo (Dostoiévski); Dom Casmurro (Machado de Assis) e A Metamorfose (Kafka) representam algumas opções maravilhosas.

Já se sua predileção for por autores de renome da atualidade, À Cidade (Mailson Furtado); Assim na terra como embaixo da terra (Ana Paula Maia); The Underground Railroad – Os Caminhos para a Liberdade (Colson Whitehead); Frantumaglia (Elena Ferrante); O Clube dos Jardineiros de Fumaça (Carol Bensimon); 4321 (Paul Auster) e Um Artista do Mundo Flutuante (Kazuo Ishiguro) se fazem obras quase “obrigatórias” de serem lidas. Na boa, vale muito a pena conferir!

Dito isso, não poderíamos deixar de enfatizar, claro: “todo dia é dia, e toda hora é hora” quando se trata do mergulho numa boa leitura!

Categorias
Cultura DiaDaDiversidadeIndígena Vortex

Por que o dia 19/04 é tão importante? E como ele pode ser vivenciado na sua instituição?

Eles são responsáveis por uma herança cultural de valor inestimável para todos os brasileiros. E têm no dia 19/04 uma data que, muito além de uma homenagem, reforça a necessidade de uma reflexão profunda (crítica) acerca da relação histórica de dominação e conquista das civilizações europeias sobre eles, bem como do tratamento atual que lhes é destinado, nos mais diversos âmbitos, por parte dos governos e dos brasileiros como um todo. Por essas e outras o Dia da Diversidade Indígena se faz um marco tão importante no nosso calendário e esse assunto, claro, não poderia faltar no Blog da Vortex Educação.

Mudança necessária  

Não, não falamos mais em “Dia do Índio”. Esse termo anula as singularidades pertencentes aos povos indígenas, dá a entender que esses indivíduos não fazem parte, em nenhum nível, do nosso presente e os associa de maneira depreciativa a um “perfil selvagem” que, obviamente, se faz cem por cento inadequado. Então vamos focar mesmo no Dia da Diversidade Indígena, no Dia do Indígena ou até mesmo Dia dos Povos Indígenas, ok?

Como trabalhar o dia 19/04 na sua escola

 Essa é uma ótima oportunidade para conscientizar os alunos da sua escola quanto à importância dos povos indígenas para o Brasil, especialmente as crianças.

O primeiro passo pode dizer respeito, por exemplo, à viabilização de aulas que contextualizem de forma bem completa e dinâmica os motivos que fazem deste dia algo tão relevante, necessário. Na sequência, atividades que motivem os estudantes a desenvolverem trabalhos de pesquisas em torno desse tema podem constituir ótimas pedidas. E – essa talvez seja uma ação mais complexa de ser realizada – a visita de um ou mais representantes de povos indígenas visando um bate-papo bem enriquecedor com os alunos seria algo bem legal e marcante para todos. Soma-se a isso a possibilidade de uma exposição de artes que faça alusão aos povos indígenas, bem como de um “menu gastronômico” que possa apresentar às crianças e jovens da sua instituição algumas das tradições indígenas quanto ao universo culinário, já pensou?

Opções de obras literárias infantis que abordam culturas indígenas são opções bem interessantes de serem trabalhadas junto às crianças

Quanto mais cedo esse trabalho de conscientização referente à importância dos povos indígenas for feito, melhores tendem a ser os resultados. E a literatura infantil tem tudo para ser uma aliada de peso nesse contexto. Fique por dentro de alguns títulos bem interessantes nesse sentido:

“Boca da Noite: Histórias que Moram em Mim”, de Cristino Wapichana; “A Terra sem Males – Mito Guarani, de Jackson de Alencar; “Um Dia na Aldeia”, de Daniel Munduruku; “O Menino Levado ao Céu pela Andorinha”, de Sergio Capparelli; “Descobrindo o Xingu”, de Marco Hailer; “Aldeias, Palavras e Mundos Indígenas”, de Valéria Macedo e “Tem Tupi na Oca e Em Quase Tudo que se Toca”, de Walther Moreira Santos são algumas das ótimas possibilidades existentes nesse contexto.

E aí, curtiu? Como o dia 19/04 costuma ser vivenciado na sua instituição?

Categorias
DiaMundialdaArte Educação Vortex

Todo dia é dia dela. Mas o dia 15/04 é sempre especial. Confira!

“A arte diz o indizível; exprime o inexprimível; traduz o intraduzível. ” – disse Leonardo da Vinci, genial potência criativa atuante em diversas áreas do conhecimento durante o período renascentista. Essa frase, dona de uma essência tão densa, evidencia com muita clareza a importância que rege os fazeres artísticos e deixa nas entrelinhas que todo incentivo dado em favor dos mesmos é precioso.

O universo artístico tem tudo para ser um grande aliado do processo de ensino-aprendizagem na sua instituição

Por isso, uma data como a do dia 15 de abril, na qual se comemora o Dia Mundial da Arte, é tão importante. O quanto antes o papel imprescindível desse universo tão inspirador no meio social for apresentado às pessoas, melhores serão os efeitos obtidos a curto, médio e longo prazo. E é claro que, também nesse sentido, a escola tem tudo para fazer total diferença.

Possibilidades para esse dia especial

Todo dia é dia de se fazer e de se admirar arte, né? Mas algumas atividades mais específicas podem ser planejadas para o dia 15/04 e fazer a alegria das crianças e jovens da sua instituição, com muita informação e diversão.

São muitas as possibilidades que podem ser consideradas para o melhor aproveitamento do Dia Mundial da Arte na escola

Fortalecendo laços

Um festival de talentos é sempre uma boa pedida. Além de revelar artistas em potencial, é uma possibilidade bem legal para aumentar o nível de integração entre as famílias e a escola. Apresentações dessa natureza costumam ser bem atrativas e emocionantes e podem, inclusive, representarem um marco bem expressivo no calendário de eventos da sua instituição.

Mais ações em vista

Uma visita a um teatro, viabilização de intervalos culturais, uma ida a um museu ou a uma apresentação musical são outras ações que certamente tendem a gerar ótimos resultados, tal como uma sessão de cinema a ser viabilizada nas próprias dependências escolares, o que você acha?

Os resultados provenientes das interações de crianças e jovens com a arte são sempre muito positivos, enriquecedores

Benefícios importantes

Os benefícios decorrentes dessas interações com o universo artístico são muitos. No âmbito escolar, os alunos tendem a ficar mais engajados com as propostas da instituição, mais motivados e emocionalmente mais fortes, uma vez que a arte possibilita – conforme bem ilustra a citação inicial desse post – inúmeros caminhos para que as crianças e jovens possam se expressar de formas mais efetivas e profundas. Já no âmbito familiar, atividades artísticas ajudam demais no fortalecimento do vínculo entre pais e filhos e, num contexto geral, os estudantes reforçam a bagagem cultural, aprimoram suas respectivas visões de mundo e tendem, num futuro bem próximo, a se tornarem cidadãos bastante conscientes.

E aí, curtiu? Como o Dia Mundial da Arte costuma ser vivenciado na sua instituição? Quais são as outras atividades de natureza artística que vêm à tona por aí ao longo de todo ano?

Categorias
DiaNacionaldoLivroInfantil Educação Vortex

Eles são os protagonistas de dois dias do mês de abril e se fazem ferramentas educacionais das mais importantes. Confira!

Eles são lúdicos, divertidos, coloridos, cheios de vida. Estimulam a criatividade e se fazem ótimas ferramentas educacionais, sendo muito importantes para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo dos pequenos. Nesse mês de abril contam com dois dias bem especiais inteiramente dedicados a eles e se fazem presentes mediante uma variedade que contempla todos os gostos. Você já sabe do que estamos falando, né? Sim, os protagonistas de hoje no Blog da Vortex Educação são os livros infantis!

Os livros infantis são representantes de um universo fantástico que ajuda sobremaneira na formação das crianças

No dia 02/04 foi comemorado o dia do livro infantil em nível internacional, e hoje, 18/04, a comemoração em torno desse universo encantador se dá nacionalmente. Mas a pergunta que fica é: sua escola sabe como aproveitar bem essas datas?

Se ligue nas sugestões

Possibilidades não faltam para serem devidamente exploradas. Para começar, que tal uma boa contação de história ou mesmo uma roda de leitura tendo por base alguma obra bem relevante? Outra dica bem legal é oferecer uma experiência de leitura que possa ser compartilhada entre as turmas, com todo protagonismo da ação sendo destinado às crianças.

“Revelando talentos”

Encenar uma história é outra opção muito bacana. Faz com que os pequenos interajam com esse cenário fantasioso de uma forma ainda mais efetiva e dinâmica, além de representarem momentos possíveis de serem apresentados para as próprias famílias, fortalecendo uma integração que é tão essencial para a plena formação das crianças.

Dia 02/04 e dia 18/04 são dias que enaltecem a importância dos livros infantis

“Feedbacks” importantes

É muito interessante também que as crianças deem feedbacks” acerca dos livros trabalhados, expressando de alguma forma o que mais gostaram, o que não gostaram e por aí vai. Associar a linguagem oral com a linguagem escrita também é uma ótima pedida. Ou seja, enquanto os pequenos acompanham a história no livro físico o professor disponibiliza a reprodução de uma versão em áudio da obra. Sem dúvida alguma, essa será uma experiência bastante enriquecedora, especialmente para aqueles que enfrentam maiores dificuldades na hora de ler.

Inúmeras opções

Obras como “O Menino Maluquinho”, “O Meu Pé de Laranja Lima”, “Pinóquio”, “Alice no País das Maravilhas” e “Sítio do Picapau Amarelo” são apenas algumas dentre uma infinidade de outros títulos incríveis que podem ser trabalhados no intuito de promover a alegria da criançada e um importante diferencial no processo de ensino-aprendizagem dessa galerinha.

O Blog da Vortex Educação quer saber: qual a história infantil que mais marcou a sua infância?

De uma forma ou de outra, datas como as citadas no início do post não devem passar despercebidas. E é claro que há uma série de outras ações que podem ser priorizadas nesse sentido. Sendo assim, como sua escola costuma vivenciar esses dois dias nos quais os livros infantis tomam conta da cena?

 

 

Categorias
Capacitação EscolasParceiras ImersãoPedagógica Vortex

Saiba tudo sobre as imersões pedagógicas oferecidas pela Vortex Educação para suas escolas parceiras

Você sabia que as escolas parceiras que têm enfrentado algumas dificuldades no processo de implementação do material didático adquirido junto à Vortex Educação, ou mesmo instituições de ensino que desejam aprimorar o uso desses materiais podem dispor de um importante recurso visando o aprimoramento do ensino? Pois é. Esse recurso – chamado de Imersão Pedagógica – é o protagonista de hoje no Blog da Vortex Educação e você ficará sabendo tudo sobre ele. Confira!

Débora Amélia, Coordenadora Pedagógica da Vortex Educação, com as professoras do Educandário Rei Arthur, de Barra do Corda – MA

Momentos enriquecedores

“A imersão pedagógica tem o intuito de oferecer às escolas parceiras a possibilidade de vivenciar o dia a dia das professoras do Grupo Educacional CEV em sala de aula e de como nossos livros didáticos são utilizados da melhor maneira para facilitar a aprendizagem de nossos alunos. ”, enfatiza Débora Amélia, Coordenadora Pedagógica da Vortex Educação.

As Imersões Pedagógicas oferecidas pela Vortex Educação são auxiliares importantes no que se refere à melhor utilização dos nossos materiais didáticos por parte de nossas escolas parceiras

Nesse sentido, tais encontros, claro, só podem ser associados a bons resultados: “As imersões pedagógicas colaboram para a observação de práticas em sala de aula visando a interação dos professores com o livro didático da Vortex Educação. Trata-se de um momento importante de troca de experiências entre os docentes, o que proporciona uma visão in loco de situações cotidianas envolvendo atividades escolares. São ricas contribuições para o processo de ensino-aprendizagem. ” – afirma o Diretor Pedagógico da Vortex Educação, Alex Romero.

Feedback positivo

“A nossa primeira escola parceira a participar da Imersão Pedagógica foi o Educandário Rei Arthur, da cidade de Barra do Corda – MA. Na oportunidade, cinco professoras do 1º ao 4º ano, juntamente com a professora de Língua Inglesa passaram dois dias em sala de aula com nossas professoras observando como as mesmas utilizam nossos livros didáticos em sala de aula e também como repassam esses conhecimentos para os nossos alunos, a didática utilizada, enfim, foram dois dias de muito aprendizado e de troca de experiências. ”, diz Débora. Ainda segundo ela, o feedback foi bastante positivo: “As professoras do Educandário Rei Arthur gostaram muito da experiência e esperam voltar mais vezes. ”

Na foto, vemos a professora Mariana com nossas professoras Sabryna, Gabrielly e a acompanhante terapêutica Lara

Atenção!

Vale ressaltar que todos os custos associados à imersão pedagógica a ser requerida ficarão sempre sob responsabilidade das escolas parceiras (despesas referentes à aquisição de passagens, hospedagem, alimentação e afins). E que um contato prévio com a assessoria pedagógica da Vortex Educação – para fins de agendamento – se faz necessário para tanto. Então salve logo nosso número na sua agenda: 86 8103-5013 (e fale com Liziane Carvalho – nossa Assessora Pedagógica).

 

 

 

Categorias
Bullying Educação Vortex

Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola: momento de conscientização, enfrentamento e medidas preventivas em prol do bem-estar de todos

No último dia 07/04 foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola. A data chamou a atenção para um tema que precisa estar sempre em pauta tendo em vista que, infelizmente, práticas abusivas ainda estão presentes de maneira muito frequente no ambiente escolar.

Fique por dentro do conceito

O bullying se refere às práticas violentas no âmbito físico e/ou psicológico, realizadas de forma intencional e repetitiva por parte de um ou mais agressores contra uma determinada vítima. Dificilmente um adolescente ou mesmo um adulto não conhece alguém que vivenciou alguma experiência nebulosa nesse sentido (e em muitos casos não tenha até mesmo sentido na pele os efeitos de tais práticas).

Dia 07 de abril é o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola

Perfis mais perseguidos

Gestores educacionais, professores, demais colaboradores e os próprios estudantes precisam ficar bem atentos aos perfis que costumam ser mais perseguidos pelos agressores até para que um trabalho de combate ou mesmo de prevenção seja realizado de forma mais eficiente.

Nesse contexto, alunos recém-chegados na instituição (novatos), tímidos em demasia, pessoas que têm alguma característica física que foge do padrão (que, por sua vez, é sempre tão questionável e, em grande parte, nocivo) e até mesmo os alunos super dedicados constituem os “alvos preferenciais” dessas práticas maldosas.

Quais são as ações de combate/prevenção ao bullying que costumam ser concretizadas na sua escola?

Atenção aos sinais

Vítimas de bullying na maioria das vezes não conseguem se expressar de forma tão explícita com relação ao que têm sofrido. Mas, ao mesmo tempo, dão sinais que precisam ser percebidos. Você consegue identificá-los?

Uma forte tendência ao isolamento, tristeza recorrente, queda no desempenho escolar, ataques de pânico e mais: tudo isso tende a deixar evidente que um determinado jovem pode estar sofrendo com agressões no ambiente escolar nos mais diversos níveis (o que decerto pode incluir ataques virtuais).

Por outro lado, os agressores em não raras vezes são providos por algumas características que são bem peculiares: eles têm uma necessidade visível de controle, têm dificuldades para aceitarem contestações, nutrem um desejo por poder e status (egocentrismo bem forte); são geralmente impulsivos e, dentre muitas outras possibilidades, são pessoas que podem ter sido apresentadas de forma muito precoce às várias nuances de violência, seja através de programas televisivos, seja através de determinadas vivências familiares, seja através de jogos de videogame que propagam a violência e por aí vai. Tudo isso precisa ser muito levado em conta.

Missão de todos  

Ações que promovam discussões em torno do tema, com foco em novas perspectivas e soluções são fundamentais. E, claro, o apego a um olhar empático por parte de todos sempre fará muita diferença. A luta em prol da paz, da igualdade e do respeito tem que ser uma missão de todos, e datas como a do dia 07/04 servem, em grande parte, para reforçar essa premissa.

Categorias
Cultura Educação Eventos Vortex

Eventos escolares e otimização do ensino? Saiba como essas frentes se relacionam e podem fazer toda diferença na sua instituição

Comemorar é um verbo que geralmente soa agradável a todos os ouvidos. E quando essa ação ainda pode servir como um aliado do processo de ensino-aprendizagem esse nível de agradabilidade fica ainda mais forte, não é mesmo? Sim, hoje o Blog da Vortex Educação irá tratar da importância dos eventos escolares para a formação de crianças e jovens e listar alguns marcos que não devem passar despercebidos por sua instituição ao longo desse ano.

De quais formas os eventos escolares podem contribuir para o desenvolvimento geral do alunado?

Ora, um evento que de fato seja concebido para render bons resultados não tem como ser viabilizado “do dia para a noite”, né? Partindo desse pressuposto, “o antes, o durante e o depois” constituem etapas que podem exercer papeis muito positivos na vida dos estudantes. Ou seja, dependendo da natureza do evento em questão, os alunos tendem a desenvolver aspectos relacionados à socialização, à perda da timidez, à visão de mundo (uma vez que há um reforço evidente na bagagem cultural de cada participante dessas atividades) e muito mais.

Eventos escolares – quando bem planejados – têm tudo para ser grandes aliados do processo de ensino-aprendizagem

Participações especiais

Outro aspecto muito importante de ser ressaltado é: eventos escolares representam ótimas oportunidades para os pais (ou responsáveis) acompanharem de pertinho não apenas o desenvolvimento no âmbito escolar dos seus filhos, mas também verificar até mesmo a existência de possíveis talentos artísticos que eles possam ter (o que, em não raras vezes, garantem momentos de grande emoção, especialmente quando se tratam dos pequenos).

Além da teoria

É evidente que não poderíamos deixar de frisar a importância que atividades práticas têm para a formação dos estudantes. O caráter prático dessas comemorações pode servir como complemento do ensino (no que se refere ao trato com determinados assuntos, claro). Quem foi que disse que educação e diversão não podem se aproximar?

É claro que algumas datas muito importantes já passaram, mas ainda há muitos marcos interessantes que não devem passar despercebidos por sua escola

Muito por vir

Decerto algumas datas muito importantes já passaram em 2022, tais como o Dia do Leitor (07/01), o Dia do Livro Didático (27/02), o Dia Internacional da Mulher (08/03) e o Dia da Escola (15/03). Mas há ainda muitos marcos pela frente que podem servir de base para a realização de eventos escolares que terão tudo para renderem ótimos frutos. Vamos ficar por dentro de alguns desses?

Dia Mundial da Infância (21/03); Dia Internacional do Livro Infantil (02/04); Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas (07/04); Dia Nacional do Sistema Braille (08/04); Dia Mundial da Arte (15/04); Dia do Índio (19/04); Dia de Tiradentes (21/04); Dia Mundial do Livro (23/04); Dia Nacional da Família na Escola (24/04); Dia Mundial da Educação (28/04); Dia do Trabalhador (01/05); Dia Internacional da Língua Portuguesa (05/05); Dia da Matemática (06/05); Dia das Mães (segundo domingo do mês de maio); Dia Internacional da Família (15/05); Dia do Vestibulando (24/05); Festa Junina (durante todo mês de junho); Dia Mundial do Meio Ambiente/ Dia da Ecologia/ Dia Nacional da Reciclagem (05/06); Dia Nacional da Ciência (08/07); Dia do Amigo (30/07); Dia do Estudante (11/08); Dia Nacional das Artes (12/08); Dia do Folclore (22/08); Dia da Independência do Brasil (07/09); Dia Mundial da Alfabetização (08/09); Dia das Crianças (12/10); Dia do Professor (15/10); Halloween (31/10); Dia Nacional da Consciência Negra (20/11); Natal (25/12).

Logicamente, há muitos outros marcos que podem ser celebrados em sua instituição e que não foram mencionados no levantamento acima (nada que uma pesquisa rápida não resolva!).

E aí, curtiu? Quais são os eventos escolares que ainda vão rolar na sua instituição em 2022?

Categorias
Capacitação Convenção Vortex

Fique por dentro de tudo que rolou na Convenção Comercial e Pedagógica (Ciclo 2022/2023) da Vortex Educação

Compartilhamento de informações importantes, correção de falhas, análise de resultados, momentos de descontração, busca por uma maior integração da equipe e muito mais. Essas foram algumas das frentes trabalhadas pela Vortex Educação – do dia 24/03 ao dia 26/03 – por ocasião da Convenção Comercial e Pedagógica (Ciclo 2022/2023) da instituição. O evento, claro, foi um enorme sucesso e contou com a participação de todos os colaboradores.

Rafael Lima, CEO da Vortex Educação, fala para os colaboradores da instituição

Aprovação total

Quando tudo sai conforme o planejado, todos ficam felizes e ainda mais motivados para seguirem desempenhando suas respectivas funções. E foi exatamente isso o que aconteceu com todos que puderam vivenciar esses dias tão especiais proporcionados por nossa instituição: “Meu sentimento é de alegria por termos conseguido reunir todo time da Vortex Educação depois de 2 anos de pandemia. Na nossa Convenção Comercial e Pedagógica pudemos nos conhecer melhor e ainda celebrar nossas conquistas, traçar metas e planejar o futuro. ”, relata Rafael Lima, CEO da Vortex Educação.

Evento promissor

De acordo com Cloves Costa, Diretor de Comercialização da Vortex Educação, a convenção teve tudo para gerar bons resultados não apenas no presente, mas também no futuro da instituição: “Eventos dessa natureza são muito importantes porque ajudam todos que fazem a Vortex Educação a ficarem mais engajados com os valores e estratégias da instituição tendo em vista um mercado que é tão desafiador. ”, afirma.

Ainda segundo Cloves, os focos que nortearam esses dias transcenderam (e muito!) o universo ditado por estatísticas, números, projeções: “A convenção fez com que os colaboradores ficassem mais próximos uns dos outros, facilitou o planejamento dos próximos passos a serem dados e promoveu um nível de socialização que potencializou o lado profissional de cada um sem perder de vista a humanização das relações, com muita motivação e bom humor. ”, garante.

Grande integração

“O momento da Convenção Comercial e Pedagógica serviu para alinhar não só a parte de distribuição (nossos consultores de todo país estiveram aqui) mas também para todos conhecerem mais o nosso produto pedagógico. Além disso, nós do setor pedagógico conhecemos um pouco mais sobre a história, sobre o cotidiano da parte de consultoria. ”, diz Alex Romero, Diretor Pedagógico da Vortex Educação.

Na foto vemos Cloves Costa, Diretor de Comercialização (à esquerda); Rafael Lima, CEO (centralizado) e Alex Romero, Diretor Pedagógico (à direita).

Além disso, a troca de experiências que envolveu profissionais de todos os setores fará toda diferença tendo em vista o crescimento geral da instituição:  “Foi um momento para trocar ideias, fomentar a criatividade e também para ouvirmos muito. Porque através dessa audição de tudo que envolve a parte comercial e pedagógica a gente vai conseguir aprimorar ainda mais o nosso produto (e, claro, nossos serviços). ”, assegura Alex.

Todos são igualmente importantes  

Na Vortex Educação, todas as funções que são desempenhadas por nossos profissionais constituem peças-chaves na busca pelos melhores resultados: “Esse grande evento serviu também para mostrarmos aos nossos colaboradores a importância que cada um tem no resultado final. Não se trata apenas de fechamentos de contratos e entregas de livros. Todos esses processos englobam muitas situações e vários setores (diagramação, revisão, elaboração, logística, dentre outros). Então é muito importante que cada um saiba que o seu trabalho (seja ele qual for) tem uma relevância para o processo final. ”, finaliza Alex.

Registro de toda equipe da Vortex Educação ao final do evento

Afinal, é como diz o escritor, palestrante motivacional e especialista em liderança Simon Sinek: “100% dos clientes são pessoas. 100% dos funcionários são pessoas. Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios. ”, e a Vortex Educação, claro, vai sempre ao encontro dessa filosofia.