Categorias
ImersãoDigital PlataformaSagaz Vortex

Conheça os motivos que fazem da imersão digital um requisito essencial para a otimização do ensino em sua escola

Embora a imersão digital não constitua necessariamente um assunto novo – tendo em vista que a presença da tecnologia para fins de otimização do processo de ensino-aprendizagem tem ocorrido com uma frequência cada vez maior ao longo dos anos em diversas instituições – alguns desdobramentos relacionados à pandemia da Covid-19 reacenderam debates em torno desse tema. Afinal de contas, vale ou não vale a pena as escolas investirem de forma contundente em tal possibilidade?

Primeiramente, há de se ressaltar que a imersão digital nada mais é do que o oferecimento de recursos digitais (por parte da instituição de ensino) para alunos e professores no intuito de que os resultados decorrentes das aulas possam ser melhorados em todos os sentidos possíveis. Livros interativos, aplicativos relacionados à educação, videoaulas, fóruns e outros recursos são alguns exemplos importantes de tudo que pode constituir uma imersão digital.

Quais são os benefícios?

Com a imersão digital, as aulas tendem a ficar mais atrativas e dinâmicas, fazendo com que os estudantes se concentrem e interajam mais e possam desfrutar de uma maior autonomia ao longo de todo processo. Há de se ressaltar também o maior dinamismo no que se refere ao armazenamento das informações (visando consultas posteriores) e ao planejamento das aulas (que certamente deixam de ser contemplados com o caráter monótono e previsível de outrora). Além disso, a comunicação entre as diferentes partes que compõem o universo escolar (a saber: alunos, professores e demais colaboradores, gestores educacionais e famílias dos alunos) tende a se tornar mais eficiente.

Outro ponto importante: o uso adequado da imersão digital (também aplicável ao âmbito administrativo e não apenas em sala de aula) pode ajudar a instituição a diminuir gastos desnecessários, na medida em que o acesso aos mais diversos dados torna-se mais prático, menos difícil de ser entendido. Isso pode ser fundamental para que seja conseguida uma boa performance nas campanhas de matrículas e, claro, para que haja uma maior retenção de alunos também.

Plataforma Sagaz da Vortex Educação pode ajudar sua instituição a oferecer uma ótima imersão digital para seus alunos

Com a Plataforma Sagaz – recurso tecnológico exclusivo da Vortex Educação que é oferecido às escolas parceiras – o estudante e o professor têm acesso a diversos recursos que ajudam bastante na rotina escolar e no processo de ensino-aprendizagem.

O estudante conta com trilha de aprendizagem por disciplina; livros digitalizados; quizzes para serem respondidos em casa e também na sala de aula; curadoria de vídeos; monitoria com aquela pegada de fórum e relatórios de rendimento.

O professor, por sua vez, também conta com vários recursos incríveis, tais como: aba para formação continuada dos professores; capacitações do projeto de vida e dos itinerários formativos; banco com mais de 80 mil questões; aba para envio de arquivos para as turmas; ambiente de agenda e livro do professor digitalizado.

Há pontos negativos associados à imersão digital em sala de aula?   

Sim, há. Se não houver um controle adequado, os alunos – ao invés de terem uma maior concentração – poderão ter a atenção dispersada em virtude de possíveis notificações de redes sociais e de outras distrações oferecidas pela internet. Além disso, é interessante que seja observado o tempo total no qual a imersão terá esse protagonismo no dia a dia dos alunos no intuito de que os mesmos não sejam expostos a um “tempo de tela” excessivo que, por sua vez, possa contribuir para existência de problemas relacionados à saúde física e mental dos estudantes.

E aí, afinal de contas, vale a pena investir na imersão digital ou não?

É claro que sim, desde que essa imersão seja guiada por um planejamento adequado que possa garantir aulas suficientemente ricas e atrativas para os alunos e que aspectos relacionados ao tempo de utilização desses recursos em sala de aula seja devidamente levado em conta. Logo, um aumento na qualidade do ensino e uma maior eficiência no que tange as interações que precisam ser desenvolvidas dentro da comunidade escolar passam pelo investimento na imersão digital, que, conforme dito antes, pode fazer toda diferença até mesmo sob o ponto de vista administrativo da instituição.

E aí, curtiu? Que tal você se tornar agora um parceiro da Vortex Educação e poder usufruir de benefícios como os que a nossa Plataforma Sagaz oferece? Acesse logo o seguinte link https://linktr.ee/comercialvortex e entre em contato direto com algum representante da nossa equipe comercial. Comece a otimizar a qualidade do ensino oferecido por sua instituição hoje!

 

 

Categorias
Educação EscolasParceiras Vortex

A Vivência Vortex Educação está de volta neste segundo semestre repleta de novidades. Confira!

A Vivência Vortex Educação está de volta neste segundo semestre repleta de novidades. Confira! 

A Vivência Vortex Educação é uma oportunidade para você conhecer, detalhadamente, soluções educacionais focadas na sua escola, um material didático de excelência e outras ferramentas educacionais que só nós oferecemos para sua comunidade escolar e agregam bastante no dia a dia da sua instituição.

A dinâmica será ainda mais interativa

As Vivências previstas para este segundo semestre continuarão no módulo on-line, havendo envio prévio do link para todos os participantes. No encontro marcado para o próximo dia 11/08, às 15h, haverá exibição de um vídeo superlegal sobre empatia. Na sequência, teremos uma apresentação (em caráter mais geral) acerca dos nossos materiais e, ao final, um direcionamento para salas de bate-papo (sendo que, para cada nível de ensino, uma sala será disponibilizada). Em cada uma das salas, colaboradores do setor pedagógico da Vortex Educação se farão presentes no intuito de apresentarem mais detalhadamente os materiais e as demais soluções educacionais que oferecemos tendo por base o nível de ensino em questão.

Tem mais!

Os participantes que responderem a nossa pesquisa de satisfação (que estará disponível no transcorrer da apresentação) irão concorrer a uma Echo Dot (Alexa)! Bom demais, não é mesmo?

Mas como funcionarão de fato a pesquisa e o sorteio?

É muito simples: durante a Vivência, todos os participantes receberão um link por meio do qual deverão fazer uma avaliação do encontro, mediante uso de uma escala que irá de 1 a 5. Vale ressaltar que só estarão de fato habilitados para o sorteio os participantes que enviarem suas respectivas respostas antes do término da Vivência. O sorteio será feito logo após a apresentação e o ganhador (a) será anunciado (a) pelo apresentador da Vivência no mesmo dia.

Grande importância

“A Vivência é de suma importância, pois através dela as escolas têm o primeiro contato com a nossa equipe pedagógica e passam a entender como funciona (num contexto mais prático) a metodologia a ser aplicada através da plena utilização dos nossos materiais didáticos”, afirma Jéssica Cunha, Consultora Comercial da Vortex Educação.

Segundo ela, o nível de satisfação de todos que participam das Vivências tem sido bastante grande: “O feedback sempre foi bem positivo, os retornos que recebemos são sempre os melhores possíveis”, finaliza.

E aí, curtiu? Garanta já sua participação em nossa próxima Vivência! Para isso, basta que você entre em contato com algum representante do nosso time comercial através do link https://linktr.ee/comercialvortex e faça a sua solicitação. Aguardamos seu contato!

 

 

 

Categorias
Educação EnsinoReligioso Vortex

Respeito à diversidade de crenças: saiba a importância do Ensino Religioso nas escolas e para a sociedade

Sim, trata-se de um assunto polêmico. Contudo, por ser contemplado pelas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular – BNCC, é algo que precisa sempre ser levado em conta nas instituições de ensino. Você já sabe do que estamos falando, não é mesmo? Pois é. O Ensino Religioso é o protagonista da vez aqui no Blog da Vortex Educação e neste post você vai ficar por dentro de tudo que há de mais importante acerca dele.

Por que o Ensino Religioso precisa ser oferecido pelas escolas?

A resposta é simples e direta: porque através dele podemos ver concretizado, na prática, um maior respeito à diversidade de religiões que são praticadas em nosso país. A BNCC inclui o Ensino Religioso no grupo das cinco áreas do conhecimento que devem ser desenvolvidas ao longo do Ensino Fundamental. Dessa forma, o quanto antes esse processo de conscientização for vivenciado pelos jovens, muito maiores serão as chances de, no futuro, tais indivíduos lidarem de forma harmoniosa com todos que, por ventura, tenham visões e escolhas diferentes das suas nesse contexto.

Visão arcaica deixada de lado

A polêmica em torno desse tema sempre foi muito centrada numa possível doutrinação que os alunos pudessem vir a sofrerem em sala de aula. Mas, diante de objetivos tão bem detalhados pela BNCC, esse tipo de temor torna-se, mais do que nunca, ilógico. Você sabe quais são esses objetivos? Vamos a eles:

1 – Proporcionar a aprendizagem dos conhecimentos religiosos, culturais e estéticos, a partir das manifestações religiosas percebidas na realidade dos educandos;

2 – Propiciar conhecimentos sobre o direito à liberdade de consciência e de crença, no constante propósito de promoção dos direitos humanos;

3 – Desenvolver competências e habilidades que contribuam para o diálogo entre perspectivas religiosas e seculares de vida, exercitando o respeito à liberdade de concepções e o pluralismo de ideias, de acordo com a Constituição Federal;

4 – Contribuir para que os educandos construam seus sentidos pessoais de vida a partir de valores, princípios éticos e da cidadania.

Você sabia que a Vortex Educação oferece livros didáticos que são referência na abordagem do Ensino Religioso?  

Com certeza são! Os livros de Ensino Religioso oferecidos pela Vortex Educação para as suas escolas parceiras têm caráter não-confessional. Isso quer dizer que eles não privilegiam uma religião em si, sendo os mesmos focados na importância de se debater as tradições de diversas crenças. As competências específicas da área se direcionam para estimular a convivência e o respeito entre diferentes tradições religiosas, sendo tudo isso perfeitamente alinhado à BNCC.

Nesse sentido, os trabalhos em sala de aula iniciam-se por meio de temas integradores, que trabalham valores e que promovem a reflexão do aluno acerca do seu papel no mundo, bem como do seu relacionamento com o próximo. Incrível, né?

E aí, curtiu? Motivos não faltam para que o Ensino Religioso seja abordado de forma tão cuidadosa e eficiente na sua instituição através da parceria a ser feita com a Vortex Educação, certo? Então acesse logo o seguinte link https://linktr.ee/comercialvortex e entre em contato direto com algum representante da nossa equipe comercial. Comece a otimizar a qualidade do ensino oferecido por sua instituição hoje!

 

 

Categorias
Debates Educação Vortex

Uma simples ferramenta tem tudo para otimizar ainda mais as aulas na sua escola. Ficou curioso, né? Confira!

Eles facilitam o entendimento acerca de assuntos que são ministrados em sala de aula. Possibilitam um reforço precioso no repertório argumentativo por parte de quem mergulha neles profundamente. Além disso, funcionam como ferramentas que tendem a dinamizar o processo de ensino e aprendizagem, proporcionando também aos professores uma chance de medir de forma mais assertiva “o nível de eficiência” das aulas em si. Sim, hoje o Blog da Vortex Educação irá tratar da importância que os debates têm em sala de aula e de como eles podem ser devidamente incentivados por parte dos educadores.

Mais benefícios em pauta

Outros aspectos positivos podem ser associados às vivências em sala de aula norteadas por debates. Eles estimulam a construção do pensamento crítico, reforçam conceitos importantes como os de respeito, organização e empatia junto aos estudantes, ajudam os jovens a perderem o medo de se expressarem diante de outras pessoas (melhorando aspectos relacionados à oratória, ao senso de autonomia e até mesmo à autoestima) e podem ajudar os jovens a se tornarem cidadãos mais conscientes e antenados especialmente com temas que, se bem explorados, podem suscitar importantes transformações no meio social.

Vale ressaltar que a argumentação (baseada em fatos, dados e informações oriundas de fontes confiáveis) é uma das 10 competências gerais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – o que reforça a importância dessas práticas em prol do conhecimento.

Mas como um debate saudável e eficiente pode ser viabilizado de forma propriamente dita em sala de aula?

Um bom planejamento é o primeiro passo – devendo haver, para tanto, uma seleção prévia acerca do tema a ser trabalhado (com participação dos alunos).

Na sequência, uma seleção de materiais de apoio que possam auxiliar os jovens na construção dos argumentos a serem utilizados é importante. A turma pode ser dividida em grupos e algumas atividades podem ser pensadas (tendo por base o material selecionado) no intuito de que os alunos possam ficar mais familiarizados com o assunto e mais preparados para o momento do debate. Nesse ponto, cabe ao professor um trabalho de monitoramento e de suporte com relação às possíveis dúvidas que possam emergir por parte dos alunos.

Passado esse momento, é fundamental que os objetivos do debate fiquem evidentes e que algumas regras sejam reforçadas. Uma questão pode vir à tona e servir como “ponto de partida”, mediante o qual os estudantes possam ser envolvidos na discussão proposta. Especialmente nessa hora o professor deve incentivar a participação de todos – além de fazer questionamentos, complementar raciocínios e até mesmo prestar reforços positivos com relação a determinados comentários mais assertivos que, por ventura, forem realizados.

Para finalizar, um levantamento acerca das principais aprendizagens que vieram à tona deve ser feito, além da viabilização de um momento que possibilite aos alunos darem feedbacks a respeito do debate. Essa avaliação deve ser feita de forma conjunta e de modo a estabelecer inclusive uma relação do tema debatido com outros conteúdos. Como diria o escritor francês Joseph Joubert, “a meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso”. E quando tal progresso ocorre no transcorrer do processo de ensino e aprendizagem, o mundo inteiro agradece ainda mais.    

Categorias
Educação HistóriasEmQuadrinhos HQS Vortex

As histórias em quadrinhos podem ser aliadas do processo de ensino-aprendizagem? O Blog da Vortex Educação tem a resposta. Confira!

Elas vêm se popularizando cada vez mais no mundo inteiro, especialmente entre o público jovem. Suas histórias têm sido adaptadas para o cinema e garantido inúmeros recordes em termos de bilheteria. Elas podem divertir, informar, emocionar, e, acima de tudo, inspirar. Surgiram em 1895, nos EUA, e podem constituir, além de tudo, ótimas ferramentas a serem colocadas em prol da educação. Sim, estamos falando das histórias em quadrinhos (HQs) e neste post trataremos da importância que elas podem vir a ter nas salas de aula. Confira!

Sem preconceitos, por favor

As HQs costumeiramente são consideradas fontes menos valiosas de leitura (se comparadas com livros “tradicionais”) uma vez que as mensagens retratadas nessas obras são muito explicitadas através de imagens e não apenas através de palavras.  Além disso, muitas pessoas só associam os quadrinhos às famigeradas histórias de heróis e vilões quando, na verdade, as HQs constituem universos repletos de inúmeras possibilidades.

Existem diversas estéticas, linguagens e gêneros acerca dos quais uma narrativa quadrinista pode ser construída, de modo que há histórias para todos os gostos e públicos. Assim, diante de uma utilidade tão abrangente, a própria Base Nacional Comum Curricular – BNCC – evidencia a importância que as HQs podem ter na formação de crianças e jovens.

Benefícios importantes

Há benefícios muito importantes decorrentes do uso dos quadrinhos como instrumentos educacionais. Além de servirem como ótimos estímulos para leitura e escrita, a identificação e a aproximação geradas através das histórias facilitam o entendimento de diversos conteúdos por parte dos alunos. As HQs podem servir também como auxiliares bem legais para os próprios professores, que através delas podem viabilizar uma comunicação mais didática e eficiente em prol dos alunos e, assim, tornar as aulas ainda mais interessantes.

Exemplos da utilização dos quadrinhos em sala de aula

Que tal usar HQs para compor os enunciados de questões? Sim, elas podem ser usadas como recursos importantes num contexto avaliativo (vale ressaltar que até mesmo processos seletivos como o ENEM já exploram com frequência essa possibilidade). Que tal usar HQs para facilitar a contextualização dos conteúdos que estão sendo expostos em sala de aula? Que tal usar HQs visando aquela pitada de humor tão boa para “quebrar o gelo”? Tudo isso e muito mais pode ser feito tendo por base o “caráter multiuso” dos quadrinhos que, por suas vezes, são comprovadamente ferramentas de peso em prol da otimização do ensino.

 

 

 

Categorias
Educação Portfólio Vortex

Portfólios na educação infantil: muito mais do que eficientes instrumentos de avaliação

Em linhas gerais, um portfólio serve para que profissionais de todas as áreas exponham suas principais experiências no mercado de trabalho. Um portfólio bem estruturado tende a aproximar quem o faz de boas oportunidades e serve também para ilustrar de maneira eficiente a evolução que o profissional obtém em sua trajetória na sua respectiva área de atuação. Mas você sabia que o portfólio também pode ser um recurso importante no âmbito da Educação Infantil?

Como assim?

O portfólio na educação infantil serve para registrar o passo a passo do desenvolvimento da criança na escola. Muito mais do que um instrumento de avaliação a ser usado durante o ano pelos professores, ele acaba se tornando um documento histórico referente à vida do pequeno, com grande importância não apenas no presente, mas também para o futuro do mesmo.

Tendo em vista essa relevância que ultrapassa os limites físicos da sala de aula, o portfólio na educação infantil representa também uma ótima maneira dos pais e/ou responsáveis participarem mais ativamente da vida escolar dos seus filhos (as), acompanhando de perto tanto os progressos como os possíveis aspectos que por ventura estejam carentes de reforços no processo de aprendizagem das crianças.   

Grande importância

Além dos benefícios já citados, esse tipo de portfólio se faz um grande parceiro do desenvolvimento das inteligências múltiplas e das habilidades socioemocionais, proporcionando aos pequenos uma interação cada vez mais aprofundada com o autoconhecimento. Isso possibilita aos professores personalizar o processo de aprendizagem de forma compatível com as necessidades individuais de cada aluno, otimizando assim os resultados a serem obtidos.  

Como fazer?

O portfólio irá se referir ao ano inteiro? Ao bimestre? Ao trimestre escolar? Primeiramente deve-se definir a periodicidade do documento (incluindo os momentos nos quais pais e/ou responsáveis poderão conferir o que foi produzido). Na sequência, é necessário que seja feita uma capa e depois o detalhamento do conteúdo (primeiras impressões, trabalhos feitos pelo aluno, questões relativas a comportamentos dele em sala de aula, dentre outros). É importante que sejam determinadas ainda metas gerais, para todos, e metas individuais de acordo com todas as observações feitas pelos professores acerca das crianças. E, claro, incluir no planejamento de todo esse material momentos nos quais os próprios estudantes também possam colaborar no intuito de que os mesmos também possam se sentir protagonistas de todo o processo.

E aí, curtiu? Qual tem sido o nível de protagonismo que os portfólios voltados para a educação infantil têm tido na sua instituição?

 

 

 

Categorias
Educação Influenciadores Vortex

A influência das redes sociais na vida dos adolescentes: saiba como sua escola pode ajudar os estudantes a lidarem com os impactos das interações vivenciadas no mundo on-line

Não é segredo para ninguém que os smartphones têm se tornado praticamente “anexos” do corpo humano nos últimos tempos. Em muitos aspectos, essa modernidade é muito positiva, mas sob outros tantos, ela pressupõe riscos principalmente para os adolescentes.

Uma vez que a juventude está cada vez mais mergulhada nas redes sociais, mais suscetível ela fica às influências por parte de quem se faz “referência” nesses meios, os chamados “influenciadores digitais” ou “digital influencers”.

Mas o que significa ser um influenciador digital?

Ser um influenciador digital é ser alguém que produz conteúdos para serem veiculados on-line (nas redes sociais) e, através de tais produções, alguém que influencie e impacte um determinado público. Dessa forma, inúmeros influenciadores digitais têm como ao menos um dos seus públicos-alvo os adolescentes e, em certo grau, acabam protagonizando partes importantes das rotinas desses jovens.

Quais são os problemas que podem ser decorrentes dos consumos desses conteúdos?

“Muita calma nessa hora! ”. Precisamos ressaltar primeiro que os possíveis problemas a serem associados a esse contexto estão intimamente relacionados ao uso excessivo das redes sociais. A utilização moderada e disciplinada desses recursos já tende a minimizar bastante os pontos negativos decorrentes desse uso.

 

Mas, como se sabe, a maioria dos jovens não é muito afeita à moderação quando o assunto diz respeito ao tempo gasto nesses meios. E é aí que tudo complica. A busca desenfreada por likes, por visibilidade, por pertencimento a determinados “nichos” tal como a busca por fama e por sucesso com facilidade são vontades que muitas vezes são alimentadas direta ou indiretamente pelas atuações dos influenciadores digitais nas redes. E essas vontades – quando não concretizadas como se espera – por vezes geram baixa autoestima e vários outros problemas relacionados ao âmbito psicológico dos jovens.

Soluções em vista

Nesse contexto, a educação socioemocional se faz uma ferramenta muito poderosa. Através do desenvolvimento das habilidades socioemocionais, os jovens têm a chance de aprimorarem o senso crítico, lidarem melhor com as próprias emoções e pensamentos e, dessa forma, ficarem menos vulneráveis às influências possivelmente negativas da internet.

Outra estratégia muito interessante de ser adotada por sua escola se refere à educação midiática a ser trabalhada em sala de aula. “Como isso é possível?”, a resposta é simples: os próprios conteúdos digitais produzidos pelos influencers podem servir de base para aulas que os analisem de forma a incentivar nos alunos reflexões mais profundas acerca do que eles têm “consumido” nesse sentido. Que tal usar uns “memes” numa aula voltada para interpretação de texto, ou mesmo numa aula de redação, ou mesmo contextualizar esse tipo de assunto em meio às explanações referentes a qualquer outra disciplina? Fica a dica. 

Categorias
CampanhaDeMatrículas EscolasParceiras Vortex

Confira ótimas dicas para a campanha de matrículas da sua escola visando o 2º semestre

Processos eficientes de captação e retenção de alunos são vitais para todas as instituições de ensino. Nesse sentido, são muitas as frentes a serem consideradas no intuito de se obter os melhores resultados. E o Blog da Vortex Educação, claro, não poderia deixar de lhe oferecer ótimas dicas em prol do total preenchimento das vagas disponibilizadas por sua escola.

Antes de tudo, um bom planejamento é essencial, tal como a divulgação estratégica dos propósitos que norteiam a escola. Quais são os diferenciais da instituição? Tudo o que é prometido de fato será cumprido? Os serviços oferecidos pela escola vão ao encontro das reais necessidades dos seus públicos-alvo? Como a escola lida com a crescente influência da tecnologia no universo do ensino? Todas essas são questões que precisam vir à tona tendo em vista um processo de captação de alunos que, de fato, possa ser bem conduzido.

Você sabia que a Vortex Educação disponibiliza os serviços de uma Assessoria de Comunicação e Marketing para as escolas parceiras?

Sim, é verdade! E essa assessoria pode ajudar a sua escola na implementação da sua campanha de matrículas, além de oferecer consultorias voltadas para a captação de novos alunos, avaliações de materiais, marca e criação de logo. Ou seja, a Vortex Educação busca promover um acompanhamento completo, desde a captação de novos alunos (através de campanhas on-line e off-line) até o redesign de marca da escola. Muito bom, né?  Para mais informações acerca dos serviços que oferecemos nesse contexto, acesse: https://vortexeducacao.com.br/marketing.

Preparação da equipe

Outro ponto importante relacionado ao processo de captação diz respeito ao alinhamento da equipe. Afinal, os pais (ou responsáveis) certamente levarão aos colaboradores uma série de dúvidas que obviamente precisarão ser esclarecidas com agilidade. Além disso, é muito importante que a instituição esteja presente com firmeza e dinamicidade no mundo digital e que haja investimentos no marketing voltado para tal segmento. Ah! Não podemos esquecer que a famosa divulgação “boca a boca” ainda é uma das formas mais eficientes para serem obtidos bons resultados nesse contexto, e que isso é possível através do estreitamento dos laços entre a escola, os alunos e as famílias dos alunos, o que nos dá brecha para podermos abordar outro pilar dos mais relevantes para o pleno funcionamento dessas instituições: a rematrícula.   

A captação de alunos é sempre uma tarefa muito desafiadora no que se refere à gestão escolar, mas a retenção dos mesmos não fica atrás no quesito dificuldade. São muitos os fatores que podem fazer com que pais e mães optem, de um ano para o outro, por uma “mudança de ares” para seus filhos.

Uma crise de base financeira no âmbito familiar, insatisfação com o ensino, reajustes de mensalidades que possam ser considerados inadequados, custo-benefício deficitário se comparado com outras instituições de ensino da região e por aí vai. Tudo isso e muito mais pode vir a encorpar a lista de obstáculos na busca pela tão necessária fidelização desse público.

Medidas essenciais

Nesse sentido, é fundamental que as escolas busquem sempre uma aproximação com os pais ao longo de todo ano, humanizando e personalizando cada vez mais os atendimentos a fim de que o ambiente escolar possa ser, de fato, acolhedor. Outra ação muito importante se refere à realização de uma pesquisa de intenção de (re)matrícula, por meio da qual será possível obter dados que comprovarão (ou não) o caráter exitoso da gestão.

Saber produzir uma boa expectativa com relação ao ano seguinte (trazendo as novidades de um planejamento bem atrativo para o ano letivo), tornar o processo de rematrícula algo prático que possa contar com o oferecimento de benefícios (possíveis bônus), fazer investimentos em marketing educacional, contar com uma equipe que saiba receber e lidar com a negociação junto aos pais são outras ações que podem fazer toda diferença na campanha de (re)matrícula da sua escola.

Sim, há mais a ser feito

Buscar uma aproximação com os inadimplentes também é algo que precisa ser priorizado. O importante é que um denominador comum possa ser alcançado, seja através do parcelamento da dívida, de descontos ou até mesmo do oferecimento de bolsas de estudos (especialmente nos casos dos alunos que apresentem desempenho de destaque na escola).

A construção e a manutenção de uma imagem positiva da escola geram um sentimento de pertencimento em pais e alunos com relação à instituição. E a criação desse tipo de vínculo faz com que seja grande não só o índice de retenção de quem já desfruta dos serviços da instituição, mas também motiva esses públicos a indicarem o colégio para outros clientes em potencial.

E aí, curtiu? Se você quer que sua escola fique ainda mais preparada para as campanhas de matrícula e rematrícula com o auxílio que a Vortex Educação tem para oferecer nesse sentido, acesse logo o seguinte link https://linktr.ee/comercialvortex e entre em contato direto com algum representante da nossa equipe comercial. Aguardamos seu contato!

 

Categorias
DicasDeFilmes Férias Vortex

Para todos os gostos e para todos os públicos: confira nossas dicas de filmes para serem vistos em família nessas férias

Com a chegada das férias, bons filmes podem render ótimos momentos em família, não é mesmo? Pensando nisso, o Blog da Vortex Educação traz no post de hoje algumas sugestões incríveis tanto para a galerinha do ensino infantil, quanto para os jovens dos ensinos fundamental e médio. Confira!

Enredos bem leves, coloridos, dinâmicos e divertidos têm tudo para fazerem a alegria dos pequenos. Nesse contexto, Toy Story desponta como uma das melhores opções possíveis. Essa clássica animação, que teve sua primeira versão feita em 1995, é norteada pela premissa de que brinquedos podem sim ser criaturas repletas de vida. Os filmes dessa franquia são tão bons que costumam fazer enorme sucesso não apenas entre as crianças, mas também entre os próprios adultos, até porque com Andy, Buzz Lightyear e companhia aprendemos a importância de não se julgar as pessoas (muito menos com base nas aparências), do trabalho em conjunto, da diversidade dos pontos de vista, do perdão, do enfrentamento dos nossos próprios medos e, dentre muitas outras coisas, vemos a importância de cultivarmos mais e mais o amor próprio. Imperdível!

Outra alternativa maravilhosa para a criançada é Viva – A Vida é Uma Festa. Essa incrível animação da Pixar apresenta a história do menino Miguel e, além de toda estética super atraente da obra, se faz um convite para que possamos refletir acerca da importância da família, de se ter persistência na vida, e, dentre outros aspectos muito relevantes, o filme evidencia ainda quão importante é sabermos utilizar não apenas a nossa mente frente às diversas situações da vida, mas também o nosso coração.

É claro que a galerinha do ensino fundamental também pode (e deve!) desfrutar de várias opções nesse contexto. E uma das nossas sugestões diz respeito ao filme Extraordinário. Ele aborda a história de Auggie, garoto de 10 anos que nasceu com uma grave deformidade facial e que teve que passar por nada menos do que 27 cirurgias para que pudesse respirar e enxergar. Vários temas delicados são abordados com muita leveza e didatismo, o que faz com que essa obra possa abranger a praticamente todos os públicos. O filme possibilita um debate precioso acerca de temas como bullying, superação e novamente vem à tona a importância do cerne familiar na plena formação de quaisquer indivíduos. Já para atiçar ainda mais a criatividade desses jovens, as férias podem ser ótimas para que a fantástica saga de Harry Potter (que abrange um total de 8 filmes baseados nos livros da renomada escritora britânica J.K Rowling) seja devorada de uma vez só. Com os mágicos enredos em questão, constatamos a importância que reside na luta pelos ideais, a importância que reside na amizade e no amor; vemos como bons planejamentos podem ser determinantes para o sucesso que almejamos ter na vida e ainda vemos em destaque o enorme poder que podemos associar às palavras. Não deixe de conferir!

Agora é a vez da galera mais experiente, que em breve irá deparar-se com as tão esperadas provas de vestibulares. Assim, experiências com a sétima arte que possam tornar viável a união entre o descanso que esse momento pede com a aprendizagem que é sempre bem-vinda são sempre ótimas pedidas, não é mesmo? Então nossa primeira dica para os estudantes do ensino médio refere-se à obra-prima Os Miseráveis, protagonizada por Hugh Jackman, Russell Crowe e Anne Hathaway. Essa obra é uma adaptação do musical da Broadway que, por sua vez, foi inspirada na obra homônima do escritor Victor Hugo. Para quem quer ficar ainda mais por dentro da Revolução Francesa e lidar de forma profunda com outros temas como ética, política, sociologia e direito, essa preciosidade cinematográfica do diretor Tom Hooper se faz algo praticamente “obrigatório” de ser visto. Já a impressionante e inspiradora história de Chris Gardner, protagonizada por Will Smith no longa À Procura da Felicidade pode se fazer aquele sopro contundente de motivação visando os tantos desafios que passam a pairar no horizonte com ainda mais força quando um estudante chega no ensino médio. Esse filme deixa claro que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, mostra a importância de focarmos em nós mesmos – sem que, para tanto, esqueçamos de fazer bem aos outros, mostra quão importante é buscarmos sempre a excelência em tudo que fazemos e nos ensina muito sobre o papel fundamental que a resiliência pode ter em nossas vidas. Vale muito a pena!

E aí, curtiu? Agora só falta preparar a pipoca, se ajeitar no sofá e curtir um bom filme em família!

Categorias
EscolasParceiras LinhaAmarelinha Vortex

O início da vida escolar é um processo delicado que requer atenção de toda a comunidade escolar e a escolha de um bom material didático faz parte disso. Confira!

Como bem sabemos, o processo de ensino-aprendizagem voltado para o público infantil não é tão simples quanto parece. São muitos os fatores que influem direta ou indiretamente nos resultados que, através dele, se pretende atingir. Nesse sentido, um dos fatores mais importantes diz respeito à escolha assertiva dos materiais didáticos que servirão de base para as vivências dos pequenos no ambiente escolar. E é claro que a Vortex Educação tem tudo para que esse processo de seleção ocorra da forma mais acertada possível. Quer saber como? Confira o post na íntegra!

Por que bons materiais didáticos são tão importantes para as crianças?

Bons materiais didáticos são peças-chaves para o desenvolvimento cognitivo das crianças. Eles dinamizam o processo de ensino-aprendizagem, incentivam a prática da leitura, são bons parceiros do desenvolvimento da criatividade além de possibilitarem a prática da interdisciplinaridade já nas etapas iniciais da educação básica. Soma-se a isso tudo também o auxílio que eles destinam aos próprios educadores que, ao entrarem em contato com soluções de ensino verdadeiramente qualificadas, passam a ter ainda mais possibilidades de aperfeiçoamento das aulas.

Ótimo custo-benefício

 A Linha Amarelinha trata-se de uma solução de ensino que possibilita um alinhamento mais direto, flexível, de acordo com as demandas curriculares e pedagógicas de cada instituição. A ideia é que, a partir da adoção desse material, os educadores possam desfrutar de um leque de ideias e propostas maior e mais promissor no intuito de aperfeiçoarem – aos seus respectivos modos – o processo de ensino-aprendizagem.

Fique por dentro

 Os livros da linha Amarelinha constituem um material infantojuvenil completo, voltado para crianças de 2 a 5 anos. Com relação ao ensino infantil, tratam-se de materiais lúdicos compostos por vivências com base nos eixos estruturantes, interações e brincadeiras que promovem o desenvolvimento da criança. Tudo isso, claro, em perfeita sintonia com os indicadores da BNCC.

Já com relação ao Ensino Fundamental – Anos Iniciais, foram produzidos mediante uma metodologia que incentiva ludicamente as crianças a terem curiosidade e prazer pelas descobertas, favorecendo as interações sociais e auxiliando no processo de construção do conhecimento com foco na leitura, interpretação e no raciocínio lógico.

Composição do material

Para as crianças pertencentes ao nível 2 e ao nível 3, a Linha Amarelinha garante um livro anual composto por teoria e atividades. Já para os aprendentes dos níveis 4 e 5 são garantidos 1 livro anual composto por teoria e atividades mais um livro de caligrafia.

Vale ressaltar ainda que, caso a escola parceira queira adotar outros livros além dos que já são garantidos nos pacotes, a Linha Amarelinha oferece: 1 livro anual para cada série (1º ao 5º ano) focado na Língua Inglesa; 1 livro anual para cada série (4º ao 5º ano) focado na Língua Espanhola e 1 livro anual para cada série (1º ao 3º ano) focado no Ensino Religioso.

Além disso, tanto para a Educação Infantil, como para o fundamental, a Linha Amarelinha garante às escolas parceiras o acesso à nossa Plataforma Sagaz, na qual nossos professores têm acesso ao Cronograma Anual dos conteúdos de cada série e também aos nossos livros digitais.

E aí, curtiu? Os livros didáticos da nossa Linha Amarelinha têm tudo para transformarem o processo de ensino-aprendizagem vivenciado na sua instituição! Então acesse logo o seguinte link https://linktr.ee/comercialvortex e entre em contato direto com algum representante da nossa equipe comercial. Usufruir das soluções educacionais propostas pela Vortex Educação é moldar o presente com foco num futuro promissor. Faça parte disso!