Categorias
Cultura FestasJuninasNaEscola Vortex

Junho chegou e com ele um dos períodos mais aguardados do ano. Saiba como esses dias podem ser comemorados de forma diferenciada e moderna na sua escola

Mugunzá, bolo de milho, canjica, pamonha, cuscuz paulista, pastel de carne seca, cocada e muito mais. Quando falamos dessas deliciosas comidas típicas o que lhe vem à mente? As maravilhosas festas juninas, não é mesmo? Pois, é. Como bem sabemos elas estão chegando com tudo em 2022 e podem ser muito importantes para sua escola. Como? O Blog da Vortex Educação vai detalhar tudo sobre isso para você no post de hoje. Confira!

Obviamente festas juninas não se tratam apenas de mergulhos num nicho especial do universo gastronômico. Quadrilhas, bandeirolas, fogueiras, balões, fogos de artifício, caracterização dos participantes (inclusive com o uso de adereços e de vestimentas mais específicas), forró, danças e brincadeiras são outros componentes essenciais desses momentos. E é claro que esse período festivo não deve passar despercebido na sua escola. Se ligue nos motivos!

Valorização da cultura e mais

Primeiramente precisamos ressaltar a importância que reside na valorização das manifestações culturais brasileiras no ambiente escolar. As festas juninas foram trazidas ao Brasil por Portugal, ainda no século XVI, tendo em vista – de maneira destacada – a celebração dos dias de quatro santos católicos: Santo Antônio (13 de junho); São João (24 de junho); São Pedro (29 de junho) e São Paulo (29 de junho), embora as comemorações costumem girar em torno de São João e, em alguns lugares (especialmente do Nordeste), o dia de Santo Antônio também seja bastante celebrado. Mas, para além de nuances religiosas, as festas juninas também celebram a união conjugal, o período de colheitas, a chuva e a preparação de novos plantios. Dessa forma, no mês de junho o amor se faz ainda mais protagonista e as energias, por assim dizer, podem ser renovadas de maneira ainda mais plena.

Todos participam  

Outro motivo bastante relevante que precisa ser considerado: a preparação de festas juninas no ambiente escolar é sempre algo que promove imersões preciosas em práticas colaborativas, aproximando não apenas os estudantes – uns dos outros – mas também promovendo uma maior integração entre os alunos, professores, gestores educacionais, outros colaboradores da instituição e, claro, inserindo os familiares dos jovens numa das mais importantes vivências possíveis do calendário escolar.

Festas juninas diferenciadas e modernas

Sim, uma festa junina pode ser viabilizada de diversas formas e, certamente, todas elas são logicamente aceitáveis. Mas, sempre que possível, devemos evitar o “mais do mesmo” no intuito de diferenciar e modernizar um evento como esse, né? – Sem que, para tanto, a essência da tradição seja prejudicada!

Nesse sentido, que tal se pensar em festas juninas sustentáveis? Uma decoração inteligente pode vir à tona, deixando de lado o uso, por exemplo, de forros de papel. A tradicional fogueira pode ser substituída por uma fogueira cenográfica. As bandeirinhas podem ser feitas por meio de tecidos ou mesmo através de folhas de revistas que, em outro contexto, jamais seriam usadas. Se realmente for imprescindível o uso de madeiras, que elas sejam oriundas de reflorestamento e por aí vai. Medidas simples fazem toda diferença e o meio ambiente agradece!

Outras possibilidades incríveis que devem ser consideradas dizem respeito ao estímulo que pode ser dado às habilidades de gestão por ocasião da produção desses eventos. Logo, assuntos como gestão colaborativa, economia solidária, economia criativa, finanças, investimento, divulgação, marketing e inovação podem ser explorados didaticamente de modo a despertarem o interesse dos estudantes com relação a esses temas.

Isso fará com que a interdisciplinaridade se torne outra frente passível de ser estimulada, tal como a transdisciplinaridade mediante a qual alunos de todas as séries poderão lidar com tarefas compatíveis com suas respectivas faixas etárias.

Sopro de bonança

Não nos esqueçamos: as festas juninas em 2022 têm tudo para serem ainda mais especiais, constituindo eventos capazes de fazerem aflorar emoções das melhores e das mais intensas levando-se em consideração os dois últimos anos nos quais elas não puderam ser devidamente comemoradas (em virtude das piores fases do período pandêmico).

Além disso, momentos de descontração e relaxamento são sempre muito bem-vindos, uma vez que os estudantes lidam com pressões de diferentes naturezas no âmbito escolar (especialmente os vestibulandos) e vivências como essas podem servir como auxiliares preciosos. Como dizem os versos iniciais deste cordel do poeta Bráulio Bessa, “Num país/Tão rico e belo/ Tão grande e tão cultural/ Tem festa o ano inteiro/ Mas junho é especial/É o carnaval do sertão/ Nossa festa de São João/ Cheia de gente animada/ Vem pra cá você também/ Que eu vou dizer o que tem/ Nessa festa arretada…”.