Categorias
Educação Parceria Premiação Professor Vortex

Reconhecimento merecido: desempenhos de professores de escolas parceiras da Vortex Educação são destacados através do Prêmio Aura Pedagógica 2021. Confira!

O Prêmio Aura Pedagógica 2021 foi uma iniciativa da Vortex Educação que teve o objetivo de valorizar os professores das escolas parceiras que foram destaques ao longo do ano. Todo processo de premiação como um todo contou com um enorme engajamento de todas as partes envolvidas e o feedback obtido não poderia ter sido mais positivo.

“A gente sabe que histórias inspiradoras nos ajudam a seguir adiante com pensamento positivo. Sabemos também que o último ano não foi fácil, o professor precisou se reinventar, precisou de novas características para seguir o seu dom da educação. Pensando nisso, nós criamos a Aura Pedagógica – uma premiação, um reconhecimento para aqueles professores que se destacaram durante o ano de 2021.”, afirma Cloves Costa, Diretor de Comercialização da Vortex Educação.

Participaram do Prêmio Aura Pedagógica 2021 escolas parceiras de 8 estados, dentre as quais foram selecionadas 8 finalistas (sendo uma escola representante de cada estado). A primeira etapa do processo de votação foi popular e realizada em uma grande rede social, e a segunda foi realizada via link, sendo a mesma destinada apenas para gestores. O resultado final, por sua vez, contemplou Gilson Galdino, professor do Educandário Arte de Aprender, localizado em Escada/PE.

Grande surpresa  

Gilson, tomado pela emoção, parecia não acreditar que havia conquistado o prêmio: “Apesar de eu ter certeza da minha prática, de tudo que eu faço pelos meus alunos, eu não esperava (ganhar o prêmio). Eu já me considerava um vencedor por ver a minha prática didática sendo reconhecida no Prêmio Aura Pedagógica.”, conta.

Belo incentivo

Todo professor sonha em fazer a diferença na vida dos seus alunos. E, nesse sentido, quando a recíproca se torna verdadeira, o sentimento não poderia ser outro: “O maior prêmio que eu recebi durante todo esse período de votação foi ver o engajamento deles (dos alunos), o apoio que eles me deram (assim como fizeram os pais dos estudantes).”, garante.

Gratidão total

Segundo Gilson, o privilégio de ter tido o apoio de tanta gente – aliado com sua determinação e com o seu talento – foram componentes fundamentais para sua formação não apenas no âmbito profissional, mas, também, no âmbito humano: “Eu sou muito grato aos meus alunos, aos meus familiares, aos meus amigos, coordenação, escola, às pessoas que me deram oportunidade de estudar. Ganhando esse prêmio eu me lembro do meu passado, que foi uma infância muito dura, muito sofrida. Então só tenho orgulho da pessoa que eu me tornei hoje.”, afirma.

Os outros 7 finalistas do Prêmio Aura Pedagógica foram: Raimundo Nonato de Araújo Barros (professor da Escola Pequeno Príncipe, localizada em Esperantina – PI); Jouberth Sousa dos Passos Cardozo (professor do Instituto Educacional Maciel, localizado em Caxias – MA); Williams Santana Messias (professor do Colégio Rezende, localizado em N. Sra. da Glória – SE); Vitor Alcântara dos Santos  França (professor do Colégio Maurício de Sousa, localizado em Maceió – AL); Neila Figueiredo (professora do Centro Educacional União, localizado em Natal – RN); Gabriela de Oliveira Jesus (professora do Centro Educacional Tereza Fróes, localizado em Salvador – BA) e Ellen Assunção (professora da Escola Intellectus Vita, localizada em Belém – PA).

 

 

 

 

Categorias
Educação Parceria

Estudante de escola parceira do Sistema CEV foi convidado para expor seus quadros no Museu do Louvre. Confira!

Ele é estudante da Unidade Escolar Pequeno Príncipe, parceira do Sistema CEV. E com apenas três anos de idade, o pequeno João Elyo começou a dar seus primeiros passos no seleto universo das pinturas. O tempo foi passando, suas habilidades foram aprimoradas de forma autodidata. E o poder encantador do seu talento natural logo rompeu as fronteiras de Esperantina – PI (sua cidade natal) quando seus quadros começaram a ser postados numa grande rede social. Isso deu uma ótima visibilidade para seu trabalho e vem ajudando João Elyo (hoje com 11 anos) a conquistar um número crescente de admiradores por todo país.

Reconhecimento internacional

O sucesso foi tanto que a família de João (e ele próprio) foram procurados por uma assessoria artística do Rio de Janeiro no intuito de que suas artes possam ser expostas num dos museus mais renomados do mundo, o Museu do Louvre, localizado em Paris (França). Este será mais um momento de enorme destaque na trajetória deste jovem artista piauiense que já teve suas obras de arte expostas em cidades como Teresina, Salvador e também na Califórnia (EUA).

“Ele começou a desenvolver suas primeiras telas profissionalmente com 9 anos. A primeira exposição dele aconteceu no Teatro 4 de Setembro, em Teresina. E a partir daí ele não parou mais. Eu vejo que a arte ajuda muito nesse processo de desenvolvimento intelectual do João Elyo, é uma terapia para ele.”, afirma Elenilza Araújo, mãe do artista.

Muito amor envolvido

O apoio que sempre foi destinado a João no âmbito familiar (e na escola) também é algo que vem fazendo toda diferença: “Em casa ele é uma criança muito amável. Ele tem o apoio total da família nas escolhas que ele faz. E na escola que ele está atualmente ele é muito bem recebido, ele é muito querido, ele é muito amado. E isso é algo que faz bem para ele, que ajuda um pouco ele a se desenvolver melhor.”, diz Elenilza.

Uma história tão inspiradora como essa revela um caminho muito fértil para aprendizagem, e não só no que se refere a João, mas também às pessoas que fazem parte do seu dia a dia: “A gente aprende muita coisa com o João Elyo, aprende a ver a vida de uma outra maneira. E eu vejo que quando ele vê um problema bem difícil ele sempre sorri para esse problema. Enquanto a gente fica triste e muitas vezes acha que não consegue resolver (o problema). A vida dele é alegria, é amor, é abraço, é carinho. Arte para ele é sinônimo de libertação, de amor, de ser visto pela sociedade como uma pessoa que é capaz.”, relata a mãe, toda orgulhosa do filho.

Ajude João a realizar esse sonho

Mas diante de um cenário tão bonito e promissor, elas, as dificuldades, também existem: para que João possa realizar o sonho de ver suas criações no Museu do Louvre é necessária que haja uma ajuda financeira que seja suficiente para custear todas as despesas oriundas da viagem. Dessa forma, os interessados em participar dessa importante iniciativa podem contribuir através do link https://bit.ly/JoãoElyo.

Trabalho que inspira

As produções artísticas de João são constantes homenagens à natureza, à chuva, ao Sol, à Lua, à vida: “Ele vê a arte dele como sinônimos dos elementos da natureza porque ele compara bastante as cores que ele usa com esses elementos.”, garante Elenilza, que ainda acrescenta: “Quando você fica diante de uma tela dele você sente esse sentimento bom, esse sentimento de alegria, de felicidade, de apoio.”

Categorias
Educação Parceria

Parceria de sucesso oferece educação de qualidade à população da região norte do Piauí

Parnaíba é a segunda maior cidade do estado do Piauí com pouco mais de 153 mil habitantes, a cidade é destino certo de vários turistas por ter belas praias, lagoas, uma excelente gastronomia e casarões históricos que fazem as pessoas apreciarem a arquitetura do século XIX, época de sua fundação.

Estudante em aula prática no laboratório de ciências. Fotos: arquivo do colégio.

Entretanto, Parnaíba não se resume apenas como principal destino turístico do Piauí. A cidade conta com uma das melhores redes de educação da região, liderada por uma instituição que educa seus estudantes para a vida. Esse é o Colégio Síntese Educacional, a primeira instituição parceira do Sistema CEV e referência em qualidade de ensino em toda a região norte do estado.

Com 320 alunos matriculados regularmente da Educação Infantil ao Ensino Médio, o colégio tem uma ótima infraestrutura e um excelente corpo docente. O colégio Síntese foi o primeiro a apostar no Sistema CEV para juntos transformarem vidas através de uma educação de qualidade que ajuda os estudantes e suas famílias a realizarem sonhos.

No colégio, há várias áreas de convívio e laboratórios como este, de robótica.  Fotos:  arquivo do colégio.

A relação entre ambos começou há 3 anos, quando a direção da instituição soube do Sistema CEV e de seu pioneirismo no segmento de editoração, no Piauí. Com isso, eles procuraram a equipe que estava à frente do Sistema CEV, liderada pelo professor e atualmente diretor de produto do Sistema CEV, Pedro Netto.

“Lá em 2018, nós fomos procurados pela equipe do colégio Síntese. Na ocasião, nós mostramos os livros para equipe pedagógica da instituição, eles viram como era feita a aplicação do material no CEV Colégio, nós disponibilizamos os livros para apreciação dos professores do colégio Síntese os quais gostaram muito. No ano seguinte, 2019, eles se tornaram a nossa primeira escola parceira”, relatou o professor.

O Sistema CEV estava dando os primeiros passos no mercado de editoração, mas a confiança na marca CEV fez com que a diretora-geral do colégio Síntese Educacional, Yone Demóstenes, optasse pelo sistema de ensino em sua instituição.

“Soubemos que o Sistema CEV estava iniciando o trabalho com material próprio, entrei em contato com o professor Pedro Netto e marcamos uma reunião. Conversamos, vimos o material e, assim, iniciamos nossa parceria em 2019”, disse a diretora.

 

A diretora-geral, Yone Demosthenes e a coordenadora do colégio, Kedma Castro (respectivamente) recebendo o professor Pedro Netto em visita à instituição. Fotos: arquivo pessoal.

Yone conta que atua no segmento educacional há vários anos e que já teve muitos problemas e reclamações com sistemas de ensino que estão há muito tempo no mercado. No entanto, com o Sistema CEV, foi diferente. Ela, a gestão do colégio, professores, estudantes e responsáveis estão muito satisfeitos com toda a proposta e as ferramentas educacionais do Sistema CEV.

“Todos estamos muito satisfeitos com o Sistema CEV, seja gestão, professores, alunos e os seus responsáveis. Já trabalhei em algumas regiões do Brasil com materiais de grandes empresas do segmento, e sempre tivemos problemas e reclamações de professores e responsáveis sobre o material desses sistemas de ensino. Esse é um ponto positivo para o Sistema CEV, pois até hoje só temos elogios”, contou.

O material do Sistema CEV abrange todos os níveis de ensino ofertados pela instituição. Foto:  arquivo do colégio.

Ao longo destes 2 anos, a parceria foi se fortalecendo, o Sistema CEV e o colégio Síntese obtiveram muitas conquistas, enfrentaram desafios e colheram muitos frutos juntos.

“Acredito que o maior fruto dessa relação seja a nossa parceria. Quantos aos resultados, graças a Deus sempre estamos entre as melhores da região e, claro, a parceria do Sistema CEV veio para somar com a gente”, destacou Yone.

O que começou com o colégio Síntese lá em 2019, hoje se transformou em algo maior.

Atualmente, o Sistema CEV conta com milhares de alunos em mais de 45 escolas em 9 estados da federação, mas segue em forte expansão nacional conquistando o Brasil com um material didático de alta qualidade, moderno, uma metodologia ativa eficiente, ferramentas tecnológicas fundamentais para obter excelência no processo de ensino-aprendizagem e, além disso tudo, carinho e respeito com seus parceiros. Assim, o Sistema CEV vem transformando vidas e realizando sonhos.

 

Categorias
Bilíngue Educação Parceria Tecnologia

O ensino bilíngue tem se tornado fundamental em um mundo cada dia mais conectado

 

O mundo está cada vez mais globalizado e as relações entre as diversas nações estão mais estreitas. Para fazer parte desse ambiente integrado é fundamental dominar outra língua, principalmente quando ela é a mais falada no planeta.

O inglês tem cerca de 1,132 bilhão de falantes entre nativos e não nativos, a língua é a mais falada do mundo. Seja nos negócios, em eventos, como as olimpíadas, no turismo ou em empresas multinacionais, a língua inglesa é a oficial.

Ter um ensino bilíngue desde cedo, faz com que o estudante tenha uma melhor performance no aprendizado da língua inglesa e a utilize para diversos fins.

Sempre pensando no desenvolvimento pessoal de cada estudante, o Sistema CEV fechou uma parceria com a casa Thomas Jefferson, uma instituição reconhecida na América Latina e no mundo por seu trabalho de excelência no ensino e na disseminação da cultura dos países de língua inglesa.

“O Sistema CEV está sempre fechando parcerias que agregam valor para os estudantes e para suas escolas parceiras, e viu na Casa Thomas Jefferson uma grande oportunidade de o aluno ter acesso a um conteúdo bilíngue completo, em que ele pode vivenciar de maneira mais imersa situações que o uso do inglês é indispensável”, explicou Cloves Costa, diretor de comercialização do Sistema CEV.

O Thomas Bilíngue for Schools (TBS) é um programa desenvolvido pela Casa Thomas Jefferson para levar um ensino bilíngue de alta qualidade para dentro das escolas de todo o Brasil. As aulas acontecem integralmente em inglês, proporcionando um ambiente de imersão no idioma. O aluno desenvolve o seu inglês ao mesmo tempo em que amplia seus conhecimentos nas mais diversas disciplinas. Além disso, o estudante desenvolve competências do século XXI – colaboração, criatividade, pensamento crítico, inovação e habilidades socioemocionais.

“Usamos a abordagem CLIL – Aprendizado Integrado de Conteúdo e Língua (Content and Language Integrated Learning) associada a uma abordagem comunicativa, dando prioridade ao significado da mensagem e à comunicação; com elementos de PBL – Aprendizagem baseada em projetos (Project-Based Learning) e Educação Maker – mão na massa: o aprender fazendo, valorizando sempre o protagonismo do aluno e tendo ele como centro de todo o processo de aprendizagem”, esclareceu Lueli Ceruti, gerente do Thomas Bilingue for Schools.

Se você quer na sua escola um ensino bilíngue de excelência com vivências culturais da língua inglesa, referência na América Latina e reconhecido em todo planeta, entre em contato agora mesmo com um consultor ou consultora comercial do Sistema CEV na sua região, é só clicar no link. https://linktr.ee/comercialsistemacev