Categorias
Educação Parceria Premiação Professor Vortex

Reconhecimento merecido: desempenhos de professores de escolas parceiras da Vortex Educação são destacados através do Prêmio Aura Pedagógica 2021. Confira!

O Prêmio Aura Pedagógica 2021 foi uma iniciativa da Vortex Educação que teve o objetivo de valorizar os professores das escolas parceiras que foram destaques ao longo do ano. Todo processo de premiação como um todo contou com um enorme engajamento de todas as partes envolvidas e o feedback obtido não poderia ter sido mais positivo.

“A gente sabe que histórias inspiradoras nos ajudam a seguir adiante com pensamento positivo. Sabemos também que o último ano não foi fácil, o professor precisou se reinventar, precisou de novas características para seguir o seu dom da educação. Pensando nisso, nós criamos a Aura Pedagógica – uma premiação, um reconhecimento para aqueles professores que se destacaram durante o ano de 2021.”, afirma Cloves Costa, Diretor de Comercialização da Vortex Educação.

Participaram do Prêmio Aura Pedagógica 2021 escolas parceiras de 8 estados, dentre as quais foram selecionadas 8 finalistas (sendo uma escola representante de cada estado). A primeira etapa do processo de votação foi popular e realizada em uma grande rede social, e a segunda foi realizada via link, sendo a mesma destinada apenas para gestores. O resultado final, por sua vez, contemplou Gilson Galdino, professor do Educandário Arte de Aprender, localizado em Escada/PE.

Grande surpresa  

Gilson, tomado pela emoção, parecia não acreditar que havia conquistado o prêmio: “Apesar de eu ter certeza da minha prática, de tudo que eu faço pelos meus alunos, eu não esperava (ganhar o prêmio). Eu já me considerava um vencedor por ver a minha prática didática sendo reconhecida no Prêmio Aura Pedagógica.”, conta.

Belo incentivo

Todo professor sonha em fazer a diferença na vida dos seus alunos. E, nesse sentido, quando a recíproca se torna verdadeira, o sentimento não poderia ser outro: “O maior prêmio que eu recebi durante todo esse período de votação foi ver o engajamento deles (dos alunos), o apoio que eles me deram (assim como fizeram os pais dos estudantes).”, garante.

Gratidão total

Segundo Gilson, o privilégio de ter tido o apoio de tanta gente – aliado com sua determinação e com o seu talento – foram componentes fundamentais para sua formação não apenas no âmbito profissional, mas, também, no âmbito humano: “Eu sou muito grato aos meus alunos, aos meus familiares, aos meus amigos, coordenação, escola, às pessoas que me deram oportunidade de estudar. Ganhando esse prêmio eu me lembro do meu passado, que foi uma infância muito dura, muito sofrida. Então só tenho orgulho da pessoa que eu me tornei hoje.”, afirma.

Os outros 7 finalistas do Prêmio Aura Pedagógica foram: Raimundo Nonato de Araújo Barros (professor da Escola Pequeno Príncipe, localizada em Esperantina – PI); Jouberth Sousa dos Passos Cardozo (professor do Instituto Educacional Maciel, localizado em Caxias – MA); Williams Santana Messias (professor do Colégio Rezende, localizado em N. Sra. da Glória – SE); Vitor Alcântara dos Santos  França (professor do Colégio Maurício de Sousa, localizado em Maceió – AL); Neila Figueiredo (professora do Centro Educacional União, localizado em Natal – RN); Gabriela de Oliveira Jesus (professora do Centro Educacional Tereza Fróes, localizado em Salvador – BA) e Ellen Assunção (professora da Escola Intellectus Vita, localizada em Belém – PA).

 

 

 

 

Categorias
Educação Premiação

Destaque na gestão e no ensino, profissionais de escola parceira do Sistema CEV, conquistam prêmios em duas categorias

Prêmios são a constatação de que o trabalho da pessoa ou instituição está indo bem e gerando resultados positivos no seu campo de atuação. No segmento educacional, conquistar um prêmio, significa que a missão de educar está indo bem, mesmo com cenários imprevisíveis, como de uma pandemia.

Gerenciar, monitorar, estar presente, ouvir e ser resiliente. Essas são características que um gestor ou gestora de escola deve ter para seguir nessa ‘missão de educar’, que é constante.

Características essas, que a professora Yone Demosthenes, tem. Ela dirige há 5 anos um dos maiores colégios da região norte do Piauí, o Síntese Educacional, primeira escola parceira do Sistema CEV.

Por se destacar no seu campo de atuação, a gestora foi premiada na categoria “Melhor diretora de escola particular”, da cidade de Parnaíba – PI, com o prêmio “Feras de Ouro”.

“É muito gratificante receber uma premiação nesse porte. Em qualquer atividade a importância dos prêmios e do reconhecimento é fundamental.  É literalmente a valorização do trabalho realizado. Educar é a arte mais nobre de ser exercida, e peço a Deus que continue a abençoar cada educador existente no mundo. E a maior motivação, foi e será me dedicar ainda mais a minha profissão”, falou com alegria, Yone.

Yone Demosthenes, vencedora na categoria ‘Melhor diretora de colégio particular’.

Nesse caminho de levar uma educação de qualidade a centenas de alunos, Yone não está sozinha, ela conta com o apoio de uma equipe competente, compostas por profissionais de excelência. O professor Luiz Ricardo Ferreira é um deles, o docente recebeu o prêmio na categoria “Melhor professor” da cidade Parnaíba.

“Sinto-me extremamente lisonjeado e reconhecido por esta valorosa conquista, pois sei o quanto meus colegas também merecem. Ademais, vejo a premiação como a consagração de uma trajetória de bons resultados, de muita luta e de grandes conquistas. Isso nos motiva a permanecer na missão de educar, a qual é muito gratificante, mas também muito difícil e, a cada dia, nos apresenta novos desafios”, disse o professor.

Professor Luiz Ricardo, vencedor na categoria ‘Melhor professor’

A entrega do prêmio está prevista para acontecer no próximo dia 31 de julho, em Parnaíba, cidade que fica na região norte do Piauí.

Categorias
Educação Premiação

Reconhecimento: escola parceira do Sistema CEV no centro sul do Piauí recebe prêmio “Feras de Ouro” em duas categorias

O caminho para levar uma educação de qualidade que forma os estudantes para a vida é desafiador, principalmente quando se tem pela frente um cenário imprevisível, como o de uma pandemia. A escola precisou se reinventar, e em meio a grandes barreiras a serem superadas, o reconhecimento vem como um impulsionador para seguir na missão de transformar vidas e realizar sonhos.

O Instituto Dom Quixote, escola parceira do Sistema CEV  na cidade de Valença do Piauí – PI, vem superando esses desafios impostos pela pandemia, e se reinventou totalmente para continuar educando, ensinando e aprendendo com os pequenos valencianos. Isso fez com que a escola ganhasse o prêmio “Feras de Ouro 2020” como melhor escola particular da cidade e a diretora da instituição, Ana Belisa Souza Lima Verde, como melhor diretora de colégio particular.

Ana Belisa Souza Lima Verde, diretora da instituição, recebeu os prêmios.

Segundo a empresa “Feras de Ouro” são selecionadas para concorrer ao prêmio as empresas com melhor atuação de acordo com cada segmento, na cidade.

“Este prêmio foi muito importante para mim e para o Instituto de Ensino Dom Quixote, pois foi mais uma constatação de que nossa empresa e eu como gestora fomos reconhecidas como as melhores da cidade, no campo da educação, isso nos deixa muito feliz”, falou tia Belisa, como a diretora é chamada pelos alunos e membros da comunidade escolar.

A instituição foi inaugurada no ano de 1981 com o nome de “Escola Infantil O Guri”, depois passou a ser Instituto de Ensino Dom Quixote, desde 2008 até os dias atuais. 

São ao todo 40 anos de atuação em educação na cidade de Valença do Piauí.

Gestoras da escola Ana Belisa Souza Lima Verde e Annejose Carvalho.
Categorias
Educação Evento Premiação

Escola parceira do Sistema CEV é premiada por se destacar como uma das melhores do Maranhão

O ano de 2020 foi desafiador para muitos setores que movem a economia do país. O segmento educacional, que prepara os jovens para o futuro, também enfrentou muitos desafios. Algo que motivou os empreendedores a superar barreiras a apostarem nos seus negócios se reinventando. Isso fez com que as empresas fossem reconhecidas pelo seu trabalho e dedicação com seu público.

Foi o que aconteceu com a escola parceira do Sistema CEV em São Luís do Maranhão, o Centro Educacional Maktub, que recebeu o prêmio “The Best”, na categoria educação.

O “The Best” é um prêmio tradicional na sociedade maranhense e vem a solidificar ainda mais nossa caminhada que hoje é reconhecida em todo Estado do Maranhão. Ter esse trabalho reconhecido é uma honra muito grande, fruto de um trabalho em equipe, de uma harmonia de um grupo jovem e muito dedicado, que de fato veste essa camisa  da empresa. Esse prêmio é o sinal que estamos no caminho certo”, falou Diego Franco, diretor do Centro Educacional Maktub.

Fundado em 2015, o Centro Educacional Maktub é uma instituição de escola básica particular com um ambiente moderno, professores e gestores qualificados e ótima qualidade no ensino. A instituição possui uma excelente credibilidade em São Luís e região e é uma das que mais crescem no estado do Maranhão.